9 C
Vila Nova de Famalicão
Domingo, 7 Março 2021
Partilhar
  • 25
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    25
    Shares
Francisco Oliveira Freitas
Francisco Oliveira Freitas
Licenciado em Podologia pela CESPU e pós-graduado em Posturologia Clínica pelo Instituto de Terapias Globais de Bilbao. É responsável clínico e proprietário do Centro de Podologia de Famalicão. Escreve no dia 2 de cada mês.

A importância de fortalecer os ossos

Sabia que a cada 30 segundos alguém sofre de uma fratura causada pela osteoporose? E sabia que a prevenção da doença está ao seu alcance? Conheça 8 conselhos para prevenir e escapar a uma doença silenciosa que enfraquece os seus ossos.

2 min de leitura
- Publicidade -
Francisco Oliveira Freitas
Francisco Oliveira Freitas
Licenciado em Podologia pela CESPU e pós-graduado em Posturologia Clínica pelo Instituto de Terapias Globais de Bilbao. É responsável clínico e proprietário do Centro de Podologia de Famalicão. Escreve no dia 2 de cada mês.

Famalicão

José Santos, o vereador mais antigo da Câmara, está no fim da linha

Já foi vereador do ambiente e do poderoso pelouro das obras municipais. José Santos está na Câmara de Famalicão há 20 anos. É o vereador mais antigo em funções. Depois de Leonel Rocha, é mais um com quem Paulo Cunha não conta na próxima lista da coligação PSD-CDS.

José Silvano anuncia candidatos do PSD a 100 câmaras municipais. Paulo Cunha é um deles

Paulo Cunha foi anunciado num lote de uma centena de candidatos a outras tantas câmaras municipais, sendo 23 novos candidatos autárquicos e 77 presidentes atuais que serão recandidatos.

Iniciativa Liberal promove conferência sobre o estado das finanças públicas

Evento ocorre no próximo dia 5 de março, às 21h30, com a presença de João Cerejeira e Jorge Marrão.

Chega! Famalicão apela à participação dos militantes nas eleições do próximo sábado

Cerca de meia centena de famalicenses formam a lista que concorre à eleição dos delegados à III Convenção Nacional do partido. Um dos objetivos é "marcar uma posição forte relativamente aos interesses, problemas e necessidades de Vila Nova de Famalicão e dar voz aos famalicenses descontentes com as políticas praticadas em Vila Nova de Famalicão pelos partidos do sistema”.
Partilhar
  • 25
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    25
    Shares

A osteoporose é uma doença que “corrói” os ossos, reduzindo a sua densidade, fragilizando o esqueleto e aumentando o risco de fraturas.

O pior é que o faz discretamente, durante anos a fio, sem que a vítima se aperceba. Após anos de “silêncio”, uma pequena pancada, uma queda insignificante ou um esforço de somenos importância são o suficiente para dar origem a uma fratura óssea.

Seguem-se as dores crónicas, a deformação da coluna e a perda de estatura, sendo as vértebras, o punho e o colo do fémur, os ossos mais afetados.

Como a prevenção é o melhor meio de enfrentar a osteoporose, considere o que se segue:

Consuma cálcio. Este mineral está ligado à prevenção primária da osteoporose. Recomenda-se a ingestão de produtos lácteos três vezes por dia, durante toda a vida.

Forneça vitamina D ao corpo. É com a ajuda desta vitamina que o cálcio se deposita nos ossos, fortalecendo-os. Existe no óleo de fígado de bacalhau, peixes gordos, fígado, gema de ovo, entre outros, e é produzida pela pele quando exposta aos raios solares. Apanhe sol duas a três vezes por semana, durante 10 a 15 minutos.

Equilibre a dieta. Evite o consumo excessivo de sal e proteínas. Aposte numa alimentação variada e rica em vegetais e laticínios que não só fornecem cálcio como oferecem magnésio e cobre.

Não fume. Segundo a “International Osteoporosis Foundation”, os fumadores correm mais riscos de ter fraturas.

Modere o consumo de café. Não beba mais de três bebidas com cafeína por dia.

Reduza o álcool. A ingestão excessiva de bebidas alcoólicas diminui a massa óssea.

Faça exercício. Jogging, marcha, subir escadas, dançar ou jogar futebol são exemplo de exercícios benéficos para a saúde dos ossos. E, para além disto, aumentam a força muscular e a resistência, ajudando a prevenir as quedas.

Lembre-se da densitometria óssea. Este exame ajuda a diagnosticar perda de massa óssea, “surpreendendo” a doença antes que ela se denuncie de forma marcada.

E não se esqueça: para ter os ossos sempre “duros de roer”, converse com o seu médico, já que, segundo relatam alguns estudos internacionais, a cada 30 segundos alguém sofre de uma fratura causada pela osteoporose…

Comentários