29.6 C
Vila Nova de Famalicão
Sexta-feira, 27 Maio 2022
- Publicidade -

TEMA

Entre Gestos

“Estamos livres das máscaras, mas continuamos a ser invisíveis”

Entrevista com Sara Serafim, 27 anos, natural de Vila Nova de Gaia e surda profunda bilateral desde o nascimento. É designer de joalharia e fundadora da sua própria marca de joalharia, a Hoyara Jewellery.

Língua gestual na música

Eles estão na televisão, na internet e nos espetáculos e trazem as canções a quem não consegue ouvir.

Celebrações eucarísticas com interpretação em Língua Gestual Portuguesa

Interpreto a eucaristia dominical desde 2016, uma vez por mês, na RTP1, e sei da importância da acessibilidade para a pessoa surda em contexto religioso. Por isso decidi dar a conhecer projetos de interpretação em Língua Gestual Portuguesa de celebrações eucarísticas. São muito interessantes e deveriam ser replicados por todo o país.

Precariedade no Ensino Superior

O estudante surdo tem direito à comunicação na sua língua, tem direito a prosseguir estudos e a participar na vida académica de forma equitativa aos demais estudantes.

15 de novembro: Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa

Que esta língua, a minha e para mim a mais bonita do mundo, seja efetivamente promovida e acessível a todas as pessoas surdas.

“A falta de audição não impede nada. Com esforço, tudo se faz”

Hoje quis dar-vos a conhecer um exemplo de dedicação, superação e uma inspiração para todos. Entrevista com Mariana Couto, a primeira médica surda em Portugal.

Mobilidade dos Técnicos Superiores do Ministério da Educação, um direito para todos?

Não conseguem enxergar que a vida que temos não é vida. A muitos quilómetros de casa, exaustos, com descendentes e ascendentes que precisam dos nossos cuidados.

Acessibilidade na saúde para a comunidade surda

Não podem existir barreiras linguísticas numa área tão importante como a saúde. A explicação dos sintomas, do seu historial clínico e familiar, de questões que antecedem uma cirurgia, etc., sem o acompanhamento de um intérprete fará com que existam dificuldades na expressão e na compreensão de todos estes aspetos o que poderá levar a complicações no diagnóstico, a diagnósticos errados, à administração errada de fármacos, entre outros problemas.

Filha ou intérprete?

Estava longe de imaginar, que o meu primeiro texto para a crónica mensal Entre Gestos, fosse coincidir com a fase mais difícil da minha vida como filha… uma fase que me fez perceber que me falta a coragem, que tenho medos, que tenho mil preocupações e responsabilidades, que fez com que eu tivesse a certeza de onde é o meu lugar.

Últimas Notícias

Famalicense António Cândido de Oliveira recebe Insígnia de Ouro na Galiza

A distinção da universidade galega reconhece o professor pelo seu trabalho no avanço do Direito Público e Administrativo.

Guimarães. Centro académico e de formação do Hospital Senhora da Oliveira recebeu certificação nacional

O CAF do Hospital Senhora da Oliveira de Guimarães é o primeiro no país a obter a certificação de Gestão da Investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI).

PSD-Famalicão. Sofia Fernandes lidera candidatos a delegados de Montenegro ao congresso nacional

Sofia Fernandes vai disputar os delegados do PSD famalicense com Jorge Moreira da Silva, que é candidato à liderança nacional do partido.

Engenho celebra 28º aniversário

Instituição está a desenvolver o projeto "Laços com Engenho/Compromisso com a Comunidade".

Jorge Moreira da Silva lidera lista de delegados famalicenses ao congresso nacional do PSD

As eleições diretas à liderança nacional do partido e as eleições de delegados para o congresso realizam-se no próximo sábado, dia 28 maio.
- Publicidade -