Free Porn





manotobet

takbet
betcart




betboro

megapari
mahbet
betforward


1xbet
teen sex
porn
djav
best porn 2025
porn 2026
brunette banged
Ankara Escort
1xbet
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
betforward
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
deneme bonusu veren bahis siteleri
deneme bonusu
casino slot siteleri/a>
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Cialis
Cialis Fiyat
27.8 C
Vila Nova de Famalicão
Sexta-feira, 12 Julho 2024
Francisca Sequeira
Tem 22 anos, é licenciada em Línguas e Literaturas Europeias e está no último ano do Mestrado em Comunicação, Arte e Cultura na Universidade do Minho. Autodidata em dois instrumentos musicais, tem na música e no design as suas maiores paixões, e acredita que o igual acesso às artes e à cultura é uma das bases de uma sociedade evoluída.

King: O manifesto de Florence Welch que precisa de ser ouvido

O olhar sobre a desarmonia entre a condição de ser mulher e ter uma carreira no mundo da música.

2 min de leitura
- Publicidade -
Francisca Sequeira
Tem 22 anos, é licenciada em Línguas e Literaturas Europeias e está no último ano do Mestrado em Comunicação, Arte e Cultura na Universidade do Minho. Autodidata em dois instrumentos musicais, tem na música e no design as suas maiores paixões, e acredita que o igual acesso às artes e à cultura é uma das bases de uma sociedade evoluída.

Famalicão

Mário Passos inaugura nova obra de arte na Praça D. Maria II

Espelho gigante assinala a nomeação de Famalicão como Região Empreendedora Europeia em 2024. É a terceira nova obra de arte instalada naquele espaço em cerca de um ano.

Presidente da República distingue Carlos Vieira de Castro como Comendador

Empresário agraciado com a Comenda da Ordem de Mérito Empresarial.

Antiga vereadora do Desporto, Juventude e Turismo morre aos 65 anos

Ana Paula Costa foi a única mulher do PS no executivo da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, em 19 anos da presidência de Agostinho Fernandes.

Famalicão celebrou 39 anos de Cidade

Sessão solene contou com uma lista de cerca de 60 homenageados.

Quando achávamos que o mês de fevereiro já não tinha mais nada para oferecer, Florence + The Machine está oficialmente de volta, com novos outdoors a anunciar o tão esperado quinto álbum de estúdio, e a nova música: “King”.

A banda britânica lançou o seu último álbum, “High As Hope”, em 2018. Desde então, lançou alguns singles, incluindo “Light of Love” em 2020 e “Call Me Cruella” do filme de ação da Disney, de 2021.

Após o lançamento de um breve e ameaçador trailer e uma especulação generalizada sobre qual seria o título, chega-nos a nova música da banda.

Intitulada “King”, inicia com uma forte batida de um tambor que nos ecoa na alma, introduzindo subtilmente a voz inconfundível da cantora. Carregada de simbolismo e com uma temática que não quer calar, Florence renuncia aos papéis tradicionais de género atribuídos normalmente à figura da mulher, trocando assim o papel de mãe e de esposa pelo de rei, coroando-se a si própria através de declarações feministas ousadas e provocadoras.

O single surge com base em pensamentos sobre a sua carreira, uma vez que sempre teve como principais ídolos artistas do género masculino, nunca se tendo apercebido que eles não teriam de lidar com a complicação que é ter de gerir a vida pessoal, familiar e profissional quando se é uma artista feminina.

Dirigido por Autumn de Wilde, o vídeo contribui indubitavelmente para elevar a figura da mulher a um outro patamar. A combinação dos versos impactantes com imagens arrepiantes onde a cantora surge a partir o pescoço de um homem e a liderar uma espécie de exército composto por mulheres, resulta numa simbiose perfeita, certamente adequada para dar início a uma nova era musical da banda.

Florence assume assim, tanto na letra como no clipe, o papel principal, representando todas mulheres e artistas que se sentem diminuídas e vítimas de uma sociedade machista e opressora, que apresenta barreiras à mulher que não apresenta ao homem, tornando assim o sucesso e a satisfação pessoal mais difícil de atingir.

A verdade é que este single tem tudo, desde a complexidade da letra que esconde por detrás uma mensagem muito clara, ao visual místico de Florence, aliado aos sons das guitarras e ao estilo muito próprio de cantar ao qual nos habituou. Se havia uma forma ideal de trazer de volta a sonoridade da banda da qual já sentíamos falta, era esta.

Comentários

Francisca Sequeira
Tem 22 anos, é licenciada em Línguas e Literaturas Europeias e está no último ano do Mestrado em Comunicação, Arte e Cultura na Universidade do Minho. Autodidata em dois instrumentos musicais, tem na música e no design as suas maiores paixões, e acredita que o igual acesso às artes e à cultura é uma das bases de uma sociedade evoluída.