Agrupamento de Escolas de Ribeirão vence concurso de Cascatas Antoninas

A iniciativa é realizada todos os anos com o objetivo de preservar os valores desta tradição popular famalicense.

0
48
O trabalho vencedor teve como tema “Procissão a Santo António”. Fotografia DR/CMVNF
Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
O Agrupamento de Escolas de Ribeirão foi o grande vencedor do concurso das Cascatas Antoninas 2021, com o tema “Procissão a Santo António”. Os trabalhos das 15 instituições famalicenses participantes estiveram expostos na Praça 9 de Abril, entre 4 e 13 de junho. O júri do concurso era constituído por Mónica Soares (MCS DESIGN), Ricardo Miranda (A Casa ao Lado) e Luís Cardoso (Município de Vila Nova de Famalicão). Recorde-se que a iniciativa é realizada todos os anos no âmbito das Festas Antoninas com o objetivo de preservar os valores desta tradição popular famalicense. A edição deste ano contou com a participação da AFPAD – Associação Famalicense de Prevenção e Apoio à Deficiência, Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, Agrupamento de Escolas de Pedome, Agrupamento de Escolas de Ribeirão, Associação de Pais e Encarregados de Educação EB1 de Valdossos (Fradelos), Associação Cultural e Desportiva de S. Martinho de Brufe, Associação de Tocadores e Cantadores ao Desafio Famalicense, Associação Projeto Amarcultura (Calendário), BNV – Associação Cultural Pasteleiras de Vermoim, Centro Social e Paroquial de Vale S. Cosme, Grupo de Teatro Amador Camiliano, Grupo Folclórico de Nine, Grupo Infantil e Juvenil Danças e Cantares de Joane, Grupo Infantil e Juvenil Santiago de Gavião e Rancho Folclórico Santa Marinha de Lousado. Todos os participantes receberam menções honrosas. IV concurso de Quadras Antoninas premeia poetas inspirados pela mobilidade “Ande lá por onde andar, / Sant’António, no andor, / Eu hei de ir vê-lo e voltar, / No «Voltas», com meu Amor.” Foi com esta quadra que Francisco Xavier, de Moscavide, concelho de Loures, venceu o IV Concurso de Quadras Antoninas subordinado ao tema “A Mobilidade e as Festas Antoninas”.
Os vencedores do IV Concurso de Quadras Antoninas Fotografia DR/CMVNF
Em segundo lugar ficou a famalicense Filomena Fonseca, que também arrecadou o quarto lugar e quatro menções honrosas. Já o terceiro lugar foi entregue ao famalicense Amândio Oliveira, que recebeu ainda uma menção honrosa. Nesta quarta edição do concurso, que se realiza desde 2017, participaram cerca de 40 poetas com 93 quadras. O júri, constituído por Arminda Esmeralda Araújo Ferreira (Professora de História), Júlio M. Fontes de Sá (Professor de Português) e Alcino Pereira Monteiro (do Município de Vila Nova de Famalicão), atribuiu quatro prémios e oito menções honrosas a seis poetas. Recorde-se que o concurso de Quadras Antoninas é uma iniciativa promovida pelos pelouros da Mobilidade e da Família do Município de Vila Nova de Famalicão e decorreu entre 26 de maio e 9 de junho.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here