19 C
Vila Nova de Famalicão
Segunda-feira, 21 Junho 2021
- Publicidade -

TEMA

Colunistas

Velhos são os trapos

Todos vamos envelhecer. É uma verdade!

Num mundo sem rei nem roque mesmo aqui ao lado!

No reinado onde não há pão e todos ralham mas ninguém tem razão vivemos num mundo de regras com alíneas de exceção.

Bazuca europeia: será mais uma vez pólvora seca?

Embora com algumas reservas, estarei esperançoso de que a “bazuca europeia” não seja, como no passado, um caderno de boas intenções e que no final seja apenas “pólvora seca”.

Portugal orientado às energias renováveis: o leme das energias hídricas

A realidade e posição portuguesa no âmbito das energias renováveis, e o investimento e a tecnologia existente no nosso país.

Vamos derrubar o muro? O muro do clientelismo, do compadrio e do medo!

Milhões em contratos de avenças, associações que servem interesses de amigos ou sem atividade conhecidas, pressões a autarcas locais e jornais são alguns dos ingredientes do muro da vergonha em Famalicão. A continuidade ou não deste muro da vergonha em Famalicão depende de si e, dos restantes eleitores famalicenses.

Verão, viagens, poemas…

Sem mais demoras.

Uma visita ao Jardim Botânico da Universidade de Coimbra (ou: envergo, mas não quebro)

São 13,5 hectares de área que permitem viajar pelo mundo sem sair de Coimbra.

A União faz a saúde!

As políticas europeias de saúde poderão aspirar a construção de um modelo de financiamento partilhado para a prestação de cuidados, sem fronteiras, provavelmente a ambição necessária para reforçar a dimensão social das políticas de solidariedade e cooperação em que assenta a visão civilizacional de uma Europa de liberdade, segurança e justiça.

Artisticamente falando sobre o Dia da Criança

Hoje, quero falar-vos sobre algumas celebridades que se destacaram no mundo da arte enquanto crianças. Entre os muitos exemplos possíveis, destaco um nome na pintura, um no cinema e outro na música.

Tic-Tac… O relógio não para!

Famalicão tem vindo a sofrer alterações muito negativas por força de decisões políticas pura e exclusivamente focadas no fator económico, sem qualquer equilíbrio e respeito ambiental. Temos um centro urbano cada vez mais edificado e sem espaços verdes, onde nem o “menino dos olhos” desta Câmara Municipal – o Parque da Devesa – escapou. Foram arrancados nove mil metros quadrados de zona verde ao pulmão da cidade.

Últimas Notícias

Candidato Mário Passos manipula os milhões de Bruxelas e ilude os famalicenses

A Câmara de Famalicão captou apenas 7,9% dos 354 milhões que Bruxelas aprovou para o território do concelho nos últimos 8 anos. Mas o candidato Mário Passos (PSD-CDS) manipula os números e ilude os famalicenses dizendo que todos os milhões são devidos à ação da autarquia. O NOTÍCIAS DE FAMALICÃO apurou a verdade e revela a lista oficial dos projetos municipais aprovados em Bruxelas.