Sandra Costa lidera candidatura liberal à Junta de Antas e Abade de Vermoim

Com uma ligação profunda à terra, Sandra Costa estreia na política porque "Famalicão está a sentir a necessidade de mudança" e quer contribuir com uma "visão diferente" para uma "gestão mais transparente".

0
766
João Cotrim de Figueiredo, líder nacional da Iniciativa Liberal; Inês Brandão, candidata à Assembleia Municipal; Sandra Costa, candidato à presidência da Junta de Antas e Abate de Vermoim; e José Bilhoto, candidato à presidência da Câmara Municipal. Fotografia DR/JOÃO RAMALHO
Partilhar
  • 160
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    160
    Shares
A professora Sandra Costa é a candidata da Iniciativa Liberal à presidência da Junta da União de Freguesias de Antas e Abade de Vermoim. A candidata, que não possui filiações partidárias anteriores, tem uma ligação especial à Antas, freguesia onde sempre viveu, tendo estado ausente apenas durante os anos em que frequentou o ensino superior. “Vivo no mesmo terreno onde viveram meus trisavós e bisavós e onde vive a minha avó”, revela Sandra Costa, acrescentando que entre as razões que estão na origem da sua candidatura está o desejo de contribui para “melhorias na união de freguesias”. Sandra Costa assume ter uma “visão diferente” e pretende uma gestão “mais transparente” e que desenvolva um “trabalho contínuo e não apenas de vitrine, para ser apresentado em ano de eleições”. A candidata quer que a união de freguesias tenha mais autonomia e promete um “olhar mais feminino”, dando atenção ao detalhe para que Antas e Abade de Vermoim “tenham melhores condições gerais”. Deu o passo rumo à candidatura porque sente “necessidade de mudança” em todo o concelho e quer dar o seu contributo, principalmente a pensar na juventude, uma vez que “a educação é a forma de conseguir um Portugal melhor”. Sandra Costa relembra que a união de freguesias de Antas e Abade de Vermoim foi onde o partido obteve a melhor votação no concelho, alcançando 5,45% dos votos nas eleições presidenciais realizadas em janeiro deste ano. Na soma dos votos em todas as freguesias, a candidatura liberal obteve 3,30% dos votos em Vila Nova de Famalicão.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here