Free Porn





manotobet

takbet
betcart




betboro

megapari
mahbet
betforward


1xbet
teen sex
porn
djav
best porn 2025
porn 2026
brunette banged
Ankara Escort
1xbet
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
1xbet-1xir.com
betforward
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
betforward.com.co
deneme bonusu veren bahis siteleri
deneme bonusu
casino slot siteleri/a>
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Deneme bonusu veren siteler
Cialis
Cialis Fiyat
27.8 C
Vila Nova de Famalicão
Sexta-feira, 12 Julho 2024

Associação aponta “contradições e avanços” na proteção do Monte de Santa Catarina

Petição que reuniu mais de mil assinaturas em prol da proteção do Monte Santa Catarina foi discutida mais de um ano depois de ser entregue à Assembleia Municipal.

3 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Mário Passos inaugura nova obra de arte na Praça D. Maria II

Espelho gigante assinala a nomeação de Famalicão como Região Empreendedora Europeia em 2024. É a terceira nova obra de arte instalada naquele espaço em cerca de um ano.

Presidente da República distingue Carlos Vieira de Castro como Comendador

Empresário agraciado com a Comenda da Ordem de Mérito Empresarial.

Antiga vereadora do Desporto, Juventude e Turismo morre aos 65 anos

Ana Paula Costa foi a única mulher do PS no executivo da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, em 19 anos da presidência de Agostinho Fernandes.

Famalicão celebrou 39 anos de Cidade

Sessão solene contou com uma lista de cerca de 60 homenageados.

Mais de um ano depois de ter sido entregue, a petição em prol da proteção do Monte de Santa Catarina, criada pela Associação Famalicão em Transição, foi finalmente discutida na Assembleia Municipal realizada na passada sexta-feira, dia 28 de junho.

Refira-se que a petição, subscrita por 1141 cidadãos, foi entregue em 28 de abril do ano passado. Em causa o abate de centenas sobreiros e milhares de outras árvores para a instalação de uma central fotovoltaica que vai ocupar uma área equivalente a 80 campos de futebol. [ver notícia Mais de mil famalicenses assinam petição para salvar o Monte de Santa Catarina].

A aprovação para a construção de uma central fotovoltaica no lugar de Gemunde, na União das Freguesias de Gondifelos, Cavalões e Outiz, foi noticiada em exclusivo pelo NOTÍCIAS DE FAMALICÃO em julho de 2022 [ver notícia Construção de centrais solares fotovoltaicas em Famalicão envoltas em mistério].

Na ocasião, documentos consultados pelo NOTÍCIAS DE FAMALICÃO revelaram que a construção desta central solar fotovoltaica só se tornou possível porque o Município de Famalicão atribuiu ao projeto uma declaração de reconhecimento de relevante interesse público municipal eliminando diversos condicionantes que impediriam a instalação do equipamento nesse terreno [ver notícia Central fotovoltaica será construída em terreno com “perigosidade de incêndio florestal muito alta”].

PARQUE FLORESTAL CHUMBADO

A Famalicão em Transição “saúda” a proposta de recomendação da Assembleia Municipal à Câmara Municipal, apresentada pela CDU, e à qual se juntou o Partido Socialista, “para a criação de um parque florestal protegido para o Monte de Santa Catarina e áreas adjacentes, tal como foi peticionado”.

A Associação “lamenta” que esta recomendação tenha sido rejeitada pelo PSD e pelo CDS, e contado com a abstenção do partido Chega.

“Todos os partidos saudaram a participação dos 1141 peticionários e reconheceram a sua pertinência. Este apoio transversal, independentemente das divergências políticas, sublinha a importância do Monte de Santa Catarina como um património comum a proteger”, destaca a Associação em comunicado.

PROTOCOLO “NÃO FOI DADO A CONHECER”

A Associação destaca que “nos documentos entregues à Assembleia Municipal por parte do Presidente da Câmara, em resposta ao relatório da petição”, este informa “que está a ser ultimado um protocolo com o promotor da central fotovoltaica de Gemunde, que será assinado em breve, para a cedência de cerca de 13.000m2 para a reflorestação, junto ao Penedo da Lua”, salientando que, no entanto, “este protocolo, que, até ao momento, não foi dado a conhecer”.

“Uma vez que o protocolo não mereceu mais destaque pelo Presidente da Câmara na Assembleia Municipal de sexta-feira, ficamos sem saber, de momento, concretamente os cuidados que a proteção do Monte de Santa Catarina vai merecer por parte do executivo camarário”, destaca a Famalicão em Transição, reconhecendo “ainda assim, o anunciado protocolo como uma evolução positiva e um sinal de que a voz da comunidade está a ser ouvida e considerada”.

Comentários