5.8 C
Vila Nova de Famalicão
Domingo, 28 Novembro 2021
Partilhar
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 2
  •  
    4
    Shares

Associação MEXE reúne entidades artísticas famalicenses para reflexão sobre boas práticas comunitárias

Ação de capacitação realizada pela associação MEXE decorreu no dia 13 novembro, em Riba de Ave.

2 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Concertos de Natal de Famalicão decorrem no Mercado Municipal

Quase duas dezenas de convidados vão atuar entre os dias 1 de dezembro e 9 de janeiro.

PSD-Famalicão renova confiança no deputado Jorge Paulo Oliveira

Jorge Paulo Oliveira é deputado à Assembleia da República há 10 anos.

Sem campo para jogar no concelho, FC Famalicão instala-se em clube de Esposende

O assunto foi levantado esta quinta-feira na reunião do executivo da Câmara Municipal de Famalicão pelo vereador do PS Eduardo Oliveira. O Presidente da Câmara, Mário Passos, considera que se trata de um problema da SAD do FC Famalicão.

Eleições no PSD: Paulo Cunha recebeu Rangel e Augusto Lima recebeu “vice” de Rio

Eleições para a liderança nacional decorrem no próximo sábado, dia 27. Paulo Cunha, que disse que não apoiava nem Paulo Rangel nem Rui Rio, mas participou no evento de um dos candidatos.
Partilhar
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 2
  •  
    4
    Shares

“Capacitação em torno das temáticas artísticas participativas e comunitárias” é assim que Hugo Cruz, diretor artístico da Associação Cultural MEXE e formador, descreveu a ação de capacitação que decorreu no passado dia 13 de novembro, em que estiveram presentes cerca de uma dezena de profissionais de estruturas artísticas com ligação ao território famalicense. A sessão decorreu na Didáxis Cooperativa de Ensino, em Riba de Ave, no âmbito do projeto municipal Há Cultura | Cultura Para Todos.

Para além da exploração de noções de cultura e participação comunitária, de práticas artísticas participativas e comunitárias, houve a apresentação e discussão de casos concretos, relacionados com os as ações comunitárias em curso no território famalicense.

“Traduziu-se numa reflexão sobre o que é que tem sido o trabalho desenvolvido pelas várias instituições envolvidas (no Há Cultura | Cultura Para Todos), e, acima de tudo, todo o trabalho de rede que está a ser gerado” refere o diretor artístico da MEXE.

Esta oficina de capacitação de foi desenvolvida no âmbito da ação «Encontro de Arte e Comunidade», inserida no projeto Há Cultura | Cultura Para Todos, promovido pelo Município de Vila Nova de Famalicão e cofinanciado pelo NORTE 2020, através do Fundo Social Europeu (FSE).

Refira-se que a MEXE é uma associação sem fins lucrativos responsável pelo acompanhamento e monitorização dos projetos em desenvolvimento ao longo de 2021 e 2022, no âmbito do Há Cultura | Cultura Para Todos, com especial foco na capacitação das equipas e participantes no campo das boas práticas artísticas comunitárias, bem como, potenciar o cruzamento entre projetos, estruturas, equipas, participantes e territórios de intervenção.

Este trabalho de acompanhamento vai culminar, em outubro de 2022, com a realização de um «Encontro de Arte e Comunidade» que servirá para sistematizar as experiências e resultados propostos pelas entidades artísticas envolvidas nas ações desenvolvidas no âmbito do Há Cultura | Cultura Para Todos, bem como, potenciar o cruzamento destes com projetos nacionais e internacionais considerados exemplos de boas práticas.

Comentários

- Publicidade -
- Publicidade -

Atualidade