22.1 C
Vila Nova de Famalicão
Domingo, 19 Setembro 2021
Partilhar
  • 3
  •  
  •  
  • 3
  •  
  •  
  •  
    6
    Shares

Cartazes de campanha eleitoral alvos de ameaça e vandalismo

Candidaturas do Chega! e da Iniciativa Liberal relatam problemas ocorridos no fim de semana.

2 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Candidatos do CHEGA, IL, PAN e PS recebem apoio da liderança nacional em Famalicão

Ao contrário de eleições anteriores, a liderança nacional do PSD e do CDS-PP está ausente da campanha famalicense. Rui Rio participou ontem na campanha eleitoral de diversos municípios no Minho, mas não veio a Famalicão. Francisco Rodrigues dos Santos disse que não foi convidado.

PAN Famalicão apresenta programa eleitoral

O documento é dividido em quatro grandes eixos: Ambiente, Efetivar os Direitos Humanos, Proteção e Bem-estar Animal e Administração Municipal.

André Ventura presente na campanha do Chega em Famalicão

Centenas participaram no jantar com a participação do líder nacional no último dia 15, em Ribeirão.

António Costa dá força a Eduardo Oliveira hoje em Famalicão

Comício com a presença de António Costa realiza-se este sábado à tarde no Parque de Sinçães. Além do secretário-geral do Partido Socialista, outros nomes nacionais do partido têm vindo a Famalicão apoiar a candidatura de Eduardo Oliveira à presidência da Câmara Municipal.
Partilhar
  • 3
  •  
  •  
  • 3
  •  
  •  
  •  
    6
    Shares

Cartazes de propaganda eleitoral para as eleições autárquicas do próximo dia 26 de setembro voltam a ser tema de polémica em Famalicão.

Desta vez a polémica envolve um cartaz do Chega! em Gavião e um cartaz da Iniciativa Liberal, em Antas. Os cartazes pertencem às candidaturas às assembleias de freguesia.

Recorde-se que, há algumas semanas, foram vandalizados um outdoor da campanha socialista, em Requião, e um do candidato do Chega! à Câmara de Famalicão na avenida do Brasil.

CARTAZ DO CHEGA! EM GAVIÃO

No último sábado, dia 4, a concelhia do partido Chega! estava a colocar cartazes nas freguesias em que apresenta candidatura nas eleições autárquicas que realizam-se no fim deste mês.

Pedro Alves, candidato do Chega! à Assembleia de Freguesia de Gavião, conta que equipa que procedia à montagem da estrutura “foi abordada de forma arrogante, muito pouco simpática e com má criação pura, por parte do atual Presidente da Junta de Gavião”.

O candidato publicou na rede social Facebook um texto em que conta a situação ocorrida, relatando que António Emídio, presidente da Junta de Gavião, que é candidato a um segundo mandato, terá dito, “de forma arrogante, como se fosse o dono da freguesia”, que deitaria abaixo o cartaz da candidatura do Chega! caso ficasse a tapar o seu. Repare que, na estrutura ao lado, António Emídio, candidato independente, aparece ao lado de Mário Passos, candidato à presidência da Câmara Municipal pela coligação PSD-CDS.

Pedro Alves acrescenta que fez questão de publicar fotografias de ambos os cartazes “que comprovam que nada de anormal foi feito, ou seja, não tapamos ninguém.”

“O Sr. Presidente, como representante da freguesia, não tem autoridade para fazer tal ameaça”, refere Pedro Alves, sugerindo que o autarca tenha “mais ponderação e calma” e “preocupe-se mais com a freguesia, pois somos a freguesia que faz periferia com a cidade que menos cresceu e evoluiu”.

CARTAZ DA INICIATIVA LIBERAL EM ANTAS

Em comunicado enviado à comunicação social esta segunda-feira, Sandra Costa, candidata da Iniciativa Liberal à presidência da Junta da União de Freguesias de Antas e Abade de Vermoim, informa que “um dos (poucos e pequenos) cartazes que publicitam a campanha foi vandalizado”.

Para a candidata o ato de vandalismo significa que a candidatura está “a conquistar a atenção das pessoas” e simboliza “as dores de parto da mudança a que estamos a assistir”.

“Estimo que por cada cartaz que nos vandalizem, sejam 100 votos com a cruz nas candidaturas da Iniciativa Liberal”, refere Sandra Costa.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Cartazes do PS e do Chega vandalizados em Famalicão

 

Comentários