12 C
Vila Nova de Famalicão
Quinta-feira, 25 Abril 2024

Famalicão. Empresas exportam 2782 milhões de euros e batem novo recorde

Valores representam uma subida na ordem dos 4.2% face a 2022. Números provisórios do comércio internacional em 2023 foram divulgados pelo INE.

1 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Celebrações dos 50 anos do 25 de Abril em Famalicão

Celebrações de amanhã, quinta-feira, têm início às 10h. Na parte da tarde há um concerto de jazz nos Paços no Concelho.

Polícia Judiciária outra vez na Câmara de Famalicão para investigar viagens pagas a autarcas

O ex-autarca Paulo Cunha é um dos visados num caso de suspeitas de corrupção que envolve viagens à sede da Microsoft nos EUA. Câmara de Famalicão confirma investigações.

Feira apresenta aos alunos oferta formativa do ensino secundário

Evento destinado aos alunos do 9º ano foi realizado no CIIES, em Vale São Cosme.

Caminhos da Liberdade em Vila Nova de Famalicão

Locais onde se fez resistência à Ditadura Salazarista

As empresas sediadas em Vila Nova de Famalicão registaram, em 2023, o maior volume de exportações de sempre, consolidando a posição do concelho como o mais exportador da região Norte e o terceiro mais exportador do país, logo a seguir a Lisboa e Palmela.

De acordo com os números provisórios do comércio internacional de Portugal em 2023 recentemente divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), Famalicão regista pela primeira vez um saldo da balança comercial superior a mil milhões de euros (1048), resultado da diferença entre as exportações (2782 milhões de euros) e as importações (1734 milhões de euros).

Valores que representam uma subida na ordem dos 4.2% face a 2022 – ano em que o concelho registou um volume de exportações de 2616 milhões de euros – e que contrariam o contexto nacional marcado pela descida das exportações.

Nota ainda para a diminuição das importações no concelho – em 2022, Famalicão registou 1789 milhões de euros – e para o facto de Famalicão continuar a ser o segundo concelho do país que mais contribui para o saldo da balança comercial nacional.

Em comunicado, o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão refere que são “números que orgulham, que reforçam a posição do concelho enquanto motor de desenvolvimento do país e que dão ainda mais força ao título que ostentamos neste ano de 2024 de Região Empreendedora Europeia”.

Comentários