25.3 C
Vila Nova de Famalicão
Sexta-feira, 27 Maio 2022

Famalicão realiza Batalha das Flores e Feira das Trocas no próximo domingo

Domingo, 8 de maio, há Batalha das Flores, às 15h30, e Feira das Trocas, a partir das 07h00.

1 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Famalicense António Cândido de Oliveira recebe Insígnia de Ouro na Galiza

A distinção da universidade galega reconhece o professor pelo seu trabalho no avanço do Direito Público e Administrativo.

Negócio polémico em Mouquim. Câmara paga 240 mil euros por terreno avaliado em 145 mil

Maioria PSD-CDS na Câmara de Famalicão aprovou pagar 240 mil euros por um terreno avaliado duas vezes e que técnicos municipais tinham avaliado por 145 mil. "Uma história mal contada", acusa o PS.

PSD-Famalicão. Sofia Fernandes lidera candidatos a delegados de Montenegro ao congresso nacional

Sofia Fernandes vai disputar os delegados do PSD famalicense com Jorge Moreira da Silva, que é candidato à liderança nacional do partido.

Engenho celebra 28º aniversário

Instituição está a desenvolver o projeto "Laços com Engenho/Compromisso com a Comunidade".

Mais de 700 famalicenses, procedentes de 21 associações do nosso concelho, vão espalhar o perfume floral pelo centro de Famalicão. A Batalha das Flores, um dos ex libris da Festa de Maio – Flores & Trocas, acontece no próximo domingo, dia 8 de maio, a partir 15h30.

A Festa de Maio é uma iniciativa cultural que agrupa duas grandes tradições com raízes distintas: a Batalha das Flores e a Feira das Trocas, também conhecida como Feira Grande de Maio, que acontece no recinto da feira semanal, no próximo domingo, a partir das sete da manhã.

Recorde-se que a Feira das Trocas, ordenada pelo Rei D. Sancho I em 1205, também conhecida como Feira do Burro, recria algumas das maiores tradições históricas do concelho como a exposição de gado bovino, o mercado dos enchidos, com as populares tabernas e o vinho verde na malga, entre outros momentos. Por sua vez, a Festa da Flor tem como expoente máximo a Batalha das Flores cuja primeira edição aconteceu em 2011.

Refira-se que de 6 a 8 de maio, também acontece a Feira das Flores na Praça D. Maria II, bem como, próximo do local, uma feira dedicada aos produtos locais e gastronomia, com artesanato, doçaria tradicional, petiscos, produtos hortícolas, entre outros.

Paralelamente, há eventos musicais a decorrer na tenda instalada nas traseiras da Fundação Cupertino de Miranda, bem como uma arruada que passa pelas principais praças do centro urbano, e ainda oficinas e ateliers artísticos na praça 9 de Abril, ao longo dos três dias da Festa de Maio.

Toda a programação disponível aqui.

Comentários