15 C
Vila Nova de Famalicão
Terça-feira, 28 Maio 2024

PAN questiona Câmara Municipal sobre contaminação por arsénio em Lousado

Partido alerta que a contaminação de arsénio pode levar "ao aparecimento de problemas de saúde e provocar doenças cardíacas, respiratórias, oncológicas, hepáticas, dermatológicas, neurológicas, e potencial de contaminação de cursos de água".

1 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Festa da família na escola Terras do Ave

Piquenique organizado pela associação de pais e a direção do agrupamento.

Teatro para crianças e jovens entre 27 de maio e 2 de junho em Famalicão

Espetáculos no Parque da Devesa e na Casa da Pedreira, em Gondifelos.

Este fim de semana há Rali de Famalicão

83 pilotos participam na competição

Piscinas exteriores abrem a 1 de junho em Famalicão

As piscinas municipais vão funcionar até dia 15 de setembro.

O PAN-Famalicão alertou para a necessidade da realização de análises do solo em Lousado tendo em conta as recentes declarações do presidente da Medway que evidenciam um elevado teor de arsénio encontrado no local de implantação do terminal ferroviário de mercadorias.

“Aconselhamos a Câmara Municipal para que realizem análises mais abrangentes em alguns pontos da freguesia de forma a perceber a extensão da contaminação. A contaminação de arsénio pode levar ao aparecimento de problemas de saúde e provocar doenças cardíacas, respiratórias, oncológicas, hepáticas, dermatológicas, neurológicas e com elevada capacidade bioacumulação e potencial de contaminação de cursos de água”, refere Sandra Pimenta, porta-voz da concelhia do PAN.

Para o PAN é necessário “perceber se existem campos agrícolas contaminados que estejam a ser utilizados para produzir alimentos que serão introduzidos na cadeia alimentar e, consequentemente, nos alimentos produzidos e consumidos diariamente”.

“Relembramos ainda que os terrenos em causa serviram para depósitos de grandes quantidades de terra associadas à ampliação de áreas industriais da freguesia, e que a área de construção em causa faz fronteira com o Rio Pelhe, podendo a contaminação pôr em causa o processo de reabilitação do rio.”

O partido considera preocupante que os agentes económicos envolvidos nesta operação não tenham mostrado interesse, ao que se sabe, em perceber se este problema poderá ser mais abrangente do que a contaminação no local de construção do terminal de mercadorias.

Assim, o PAN Famalicão considera ser necessário a verificação de potenciais pontos de poluição e contaminação por arsénio e a identificação de potenciais infratores “caso se verifique que a contaminação por arsénio tem como origem em fontes não naturais”.

Comentários

- Publicidade -
- Publicidade -