18.8 C
Vila Nova de Famalicão
Terça-feira, 9 Agosto 2022

Trabalhadores têxteis realizaram manifestação em Famalicão

CDU apresentou na Assembleia Municipal uma moção sobre a luta dos trabalhadores do setor.

2 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Município de Famalicão não respondeu ao Tribunal de Contas

O Tribunal de Contas citou o Município de Famalicão e Paulo Cunha. Apenas o ex-autarca respondeu.

Deputada do PSD com avença na Câmara de Famalicão demite-se e passa ao quadro da autarquia

Ex-deputada municipal, que foi também candidata a vereadora nas últimas eleições, responde por vários crimes e aguarda julgamento.

Câmara de Famalicão cria equipa para acompanhar alterações climáticas

Equipa tem como função o acompanhamento da política climática.

FAMAFOLK foi “um sucesso”

Quase 5000 pessoas passaram pelo festival.

Uma manifestação reuniu trabalhadores do sector têxtil em Vila Nova de Famalicão em defesa da contratação coletiva e pelo aumento dos salários. A iniciativa, organizada pela FESETE e os seus sindicatos, decorreu na manhã de terça-feira, 28 de junho, tendo como ponto de concentração a Câmara Municipal de Famalicão.

“Nesta iniciativa, integrada na ação nacional de luta promovida pela CGTP IN, ficou muito viva a denúncia de que o sector têxtil é um bom exemplo do impacto da caducidade da contratação coletiva, que os sucessivos governos PS, PSD e CDS insistem em não revogar, no ataque aos direitos e da necessidade do aumento geral dos salários, e do salário mínimo nacional para 850 euros, objetivos pelos quais o PCP se continuará a bater”, refere o partido em comunicado.

Dias antes, a CDU apresentou na Assembleia Municipal de Famalicão uma moção “onde valoriza os trabalhadores do sector têxtil e manifesta apoio à sua luta por melhores condições de vida e de trabalho”.

Em comunicado, a CDU informa que a moção foi aprovada pela grande maioria dos deputados municipais e presidentes de junta. “Quem produz riqueza não pode continuar a ser explorado, é necessário o reconhecimento e valorização profissional dos trabalhadores”, lê-se na moção, que destaca a importância do têxtil para o desenvolvimento do concelho de Famalicão.

Comentários

- Publicidade -
- Publicidade -