11.2 C
Vila Nova de Famalicão
Quarta-feira, 26 Janeiro 2022

Aberto prazo para inscrição de projetos culturais colaborativos

Podem ser apresentadas candidaturas de projetos promovidos em conjunto por duas ou mais associações e instituições do concelho. O apoio municipal pode ir até aos 10 mil euros.

2 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

CDS-PP defende isenção de IRC sobre lucros reinvestidos nas empresas

Areia de Carvalho visita empresa Vieira de Castro, em Vila Nova de Famalicão.

HumanitAVE está a desenvolver projetos na Guiné-Bissau

Instituição enviou um contentor repleto de materiais angariados em diversas campanhas.

PAN aponta problemas na reabilitação do mercado municipal

Durante ação de campanha em Famalicão, partido detetou "oportunidade perdida".

Legislativas. Candidatos do PAN visitaram a escola de Gondifelos

Uma das propostas do partido é redução de alunos por turma para “melhorar as aprendizagens”.

Arrancou o período de candidaturas ao programa municipal, Programar em Rede, que visa apoiar a execução de um projeto cultural que seja promovido em conjunto por duas ou mais associações e instituições do concelho. O apoio municipal pode ir até aos 10 mil euros. As propostas para esta sétima edição de iniciativa podem ser submetidas até dia 31 de julho.

Este programa, promovido pelo Município de Vila Nova de Famalicão, destina-se a entidades com atividade no domínio cultural que tenham sede no concelho famalicense ou, não possuindo, promovam atividades de interesse municipal e que sejam pessoas coletivas legalmente constituídas, sem fins lucrativos.

A candidatura pode ser feita através do preenchimento da ficha de inscrição que se encontra disponível no site do Município, devendo esta ser remetida para o endereço eletrónico cultura@famalicao.pt.

Os projetos recebidos serão apresentados e votados na reunião do Conselho Municipal de Cultura, que decorre no último trimestre do ano, pelos parceiros culturais que integram este órgão. Nesta sessão será selecionado um projeto vencedor, que será executado entre 1 de janeiro e 30 de julho de 2023.

O Programa em Rede foi lançado pela autarquia famalicense em 2016, através do Conselho Municipal de Cultura, e tem como objetivo envolver vários agentes culturais do concelho na concretização de um evento que se diferencie pela inovação e criatividade, pela capacidade de articulação de meios, pela mobilização e atração de público e pela descentralização da atividade cultural.

Refira-se que a proposta vencedora, da última edição, 2021/2022, foi o “Obras Sobrepostas”, sob a alçada do INAC – Instituto Nacional de Artes do Circo, um projeto que será implementado em 2022, e desenvolvido em parceria com a Fundação Cupertino de Miranda e a APPACDM – Centro de Atividades e Capacitação para a Inclusão de Famalicão.

Comentários