27.2 C
Vila Nova de Famalicão
Terça-feira, 9 Agosto 2022

Candidatos socialistas visitaram o hospital e centros de saúde em Famalicão

Foram apresentadas algumas das prioridades para os próximos quatro anos no sector da Saúde. Aumentar a cobertura dos centros de saúde para evitar muitas idas às urgências hospitalares e valorizar a carreira dos enfermeiros são algumas dessas prioridades.

2 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Município de Famalicão não respondeu ao Tribunal de Contas

O Tribunal de Contas citou o Município de Famalicão e Paulo Cunha. Apenas o ex-autarca respondeu.

Deputada do PSD com avença na Câmara de Famalicão demite-se e passa ao quadro da autarquia

Ex-deputada municipal, que foi também candidata a vereadora nas últimas eleições, responde por vários crimes e aguarda julgamento.

Câmara de Famalicão cria equipa para acompanhar alterações climáticas

Equipa tem como função o acompanhamento da política climática.

FAMAFOLK foi “um sucesso”

Quase 5000 pessoas passaram pelo festival.

O cabeça de lista do PS pelo círculo eleitoral de Braga, José Luís Carneiro, acompanhado pelos também candidatos Joaquim Barreto e Eduardo Oliveira, visitaram, esta tarde, a Unidade Hospitalar de Famalicão (ex-hospital S. João de Deus) que pertence ao Centro Hospitalar do Médio Ave, no qual também se insere a Unidade Hospitalar de Santo Tirso.

Na reunião com a Administração, os candidatos socialistas apresentaram algumas das prioridades para os próximos quatro anos para o setor da Saúde que constam das linhas gerais do programa eleitoral do PS.

“Uma das nossas prioridades é uma boa governação e para consegui-la, no setor da Saúde, temos um conjunto das medidas que acreditamos que a tornarão possível. Criaremos a Direção Executiva do SNS com o papel de dirigir o SNS a nível central, coordenando a resposta assistencial das suas unidades de saúde, assegurando o seu funcionamento em rede e monitorizando o seu desempenho e resposta” adiantou José Luís Carneiro. “Vamos ainda prosseguir o trabalho de revisão e generalização do modelo das unidades de saúde familiar, garantindo que elas cobrem 80% da população na próxima legislatura. Estamos certos de que esta cobertura evitará muitas idas às urgências hospitalares”, continuou.

Eduardo Oliveira, candidato a deputado e enfermeiro especialista em Saúde Materna e Obstétrica naquela Unidade, adiantou uma das medidas previstas para valorizar as carreiras dos enfermeiros: “Vamos repor os pontos perdidos aquando da entrada na nova carreira de enfermagem.”

Os candidatos visitaram ainda o Centro de saúde de Famalicão, a Unidade Saúde Familiar São Miguel-o-anjo e a Unidade de Saúde Familiar de Ribeirão num roteiro dedicado à Saúde do concelho de Famalicão.

Comentários

- P