18.1 C
Vila Nova de Famalicão
Sábado, 23 Outubro 2021
Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Centro Hospitalar do Médio Ave dedica o mês de outubro à prevenção do cancro da mama

Programa conta com decoração alusiva, palestras e sessões destinadas aos profissionais de saúde e utentes.

2 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Injex cresce na pandemia. França e Alemanha são mercados prioritários

A empresa fundada pelo famalicense José Duarte Pinheiro de Lacerda acelera o processo de internacionalização na França e na Alemanha.

Democracia, liberdade e jornalismo

Notícias são sobre factos. Opiniões, favoráveis ou desfavoráveis, não mudam a realidade dos factos.

Presidente da Câmara de Famalicão recebe cidadãos às quartas-feiras mediante marcação prévia

Mário Passos mantém presidência aberta com atendimento aos munícipes.

Desacatos no Parque da Devesa levam a participação na Polícia

Tumulto na sessão de esclarecimento promovida pela Associação Famalicão em Transição.
Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Durante todo o mês de outubro o Centro Hospitalar do Médio Ave vai ser “pintado” de Rosa e ornamentado com folhetos e cartazes informativos para sensibilizar para a prevenção do cancro da mama, uma doença que causa cerca de 6.000 novos casos e 1500 óbitos por ano na população portuguesa.

O programa assinala, no dia 15 de outubro, o Dia Mundial da Saúde da Mama, com uma Sessão de Esclarecimento para os utentes do CHMA e população em geral, na Biblioteca Municipal de Santo Tirso. Este evento terá início às 9h e a entrada é livre. No mesmo dia, na parte da tarde, com início às 15h30, decorrerá o “Exercício Rosa – Vamos Exercitar para Prevenir”, no Parque Urbano de Geão, em Santo Tirso.

O Serviço de Oncologia, em estrita colaboração com a sua Clínica da Mama, vai organizar também para os profissionais de saúde do ACES e do CHMA, as I Jornadas “Outubro Rosa no CHMA”, na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão. Este evento, tem início às 9h e conta com três mesas redondas dedicadas à atividade do CHMA na patologia da Mama, à forma como se deve abordar esta doença e ao diagnóstico Imagiológico.

Para os utentes do CHMA e população em geral, no mesmo dia e no mesmo local, mas da parte da tarde, estão vão acontecer três mesas redondas com os seguintes temas: “Do diagnóstico ao tratamento”; “A importância da abordagem multidisciplinar”; e “O papel do voluntariado no CHMA”.

Comentários

- Publicidade -