11.2 C
Vila Nova de Famalicão
Quarta-feira, 26 Janeiro 2022

Covid-19. Dispara número de novos casos, mas reduz número doentes graves e óbitos

O número de novos casos disparou de 17.172 para 26.867 nas últimas 24 horas.

1 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

CDS-PP defende isenção de IRC sobre lucros reinvestidos nas empresas

Areia de Carvalho visita empresa Vieira de Castro, em Vila Nova de Famalicão.

HumanitAVE está a desenvolver projetos na Guiné-Bissau

Instituição enviou um contentor repleto de materiais angariados em diversas campanhas.

PAN aponta problemas na reabilitação do mercado municipal

Durante ação de campanha em Famalicão, partido detetou "oportunidade perdida".

Legislativas. Candidatos do PAN visitaram a escola de Gondifelos

Uma das propostas do partido é redução de alunos por turma para “melhorar as aprendizagens”.

Portugal registou hoje um número recorde diário no número de casos de covid-19. Nas últimas 24 horas foram registadas 26.867 pessoas infetadas.

Trata-de de um aumento de 9.695 casos em relação ao dia de ontem – quando foi registado o maior número de novos casos em 24 horas desde o início da pandemia.

Em relação ao número de hospitalizações, 971 pessoas estão internadas em enfermarias (mais 35 que no dia anterior) e 151 pessoas em unidades de cuidados intensivos (menos uma pessoa comparativamente ao dia de ontem).

Relativamente ao número de óbitos, foram registados 12 óbitos nas últimas 24 horas – menos sete que no dia anterior.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, já se registaram, no total, 1.330.158 casos e 18.921 óbitos em Portugal. A 28 de janeiro deste ano foi o dia em que foi registado o maior número de óbitos. Nesse dia morreram 303 pessoas.

 

Comentários