9 C
Vila Nova de Famalicão
Sábado, 4 Fevereiro 2023

Deputado socialista Eduardo Oliveira defende nova rotunda na EN 206 em Vale S. Martinho

Deputado questiona o ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, e preconiza repavimentação e reabilitação da estrada Famalicão-Guimarães.

min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Mário Passos e Eduardo Oliveira têm uma história da vida pessoal em comum

Saiba o que liga os dois políticos famalicenses.

Trabalhadores da Transdev em greve na segunda-feira

Usa transporte público rodoviário em Famalicão? Há greve marcada na Transdev

Moradores de Gondifelos protestam e lagoa de “lixo” é chumbada

Moradores entregaram à Câmara Municipal um abaixo-assinado contra a construção de uma lagoa chorume, líquido que resulta da decomposição do lixo.

Noite de Carnaval terá 12 linhas de autocarros gratuitos para o centro de Famalicão

Três horários disponíveis para ir e regressar.

O deputado do Partido Socialista (PS) Eduardo Oliveira defendeu esta segunda-feira, ao princÍpio da noite, na Assembleia da República, a criação de uma rotunda na estrada nacional nº 206 (EN 206), no lugar de Cruz de Pelo, na freguesia de Vale S. Martinho, no concelho de Famalicão.

“É uma obra fundamental, por razões de segurança rodoviária e de mobilidade interurbana, numa das regiões mais dinâmicas e competitivas da economia portuguesa”, frisou Eduardo Oliveira, durante uma interpelação ao ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, no âmbito da discussão na especialidade do Orçamento de Estado para 2023.

Eduardo Oliveira, que é vereador do PS na Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, preconiza uma rotunda em Cruz de Pelo no âmbito de “uma requalificação total da Estrada Nacional 206, em especial entre Famalicão e Joane, onde o piso está em condições muito más”, sublinhou o deputado.

A Estrada Nacional 206, entre Famalicão e Guimarães, que faz a ligação entre dois concelhos onde vivem e trabalham 300 mil pessoas, é “uma das estradas nacionais mais congestionadas da região do Vale do Ave”, argumentou o deputado do PS, que não deixou de lembrar que, recentemente, “o Governo investiu na requalificação dos acessos entre a Estrada Nacional 206 e o nó de Ceide da autoestrada A7 (Famalicão-Guimarães). “Saudamos o investimento realizado, mas é preciso ir mais além”, afirmou Eduardo Oliveira.

Eduardo Oliveira justifica a rotunda com “razões de segurança rodoviária e de mobilidade interurbana”. Fotografia PS/VNF

“Na Estrada Nacional 206, chamo a atenção do senhor ministro [Pedro Nuno Santos] para a necessidade de criação de uma rotunda na freguesia de Vale S. Martinho, no concelho de Famalicão”, alertou o parlamentar famalicense.

De acordo com o deputado socialista, uma rotunda na EN 206, em Vale S. Martinho, “tem o objetivo central de descongestionar o trânsito num cruzamento muito movimentado, de acesso ao concelho de Braga, de acesso ao polo de Famalicão do Instituto Politécnico do Cávado e Ave, que está instalado em Vale S. Cosme, e de acesso a grandes indústrias, como a Têxtil Manuel Gonçalves”.

Eduardo Oliveira lembrou que Famalicão “tem uma das maiores economias do país, sendo o município líder nas exportações nacionais a norte de Lisboa” e que o Governo “tem contribuído com a sua parte”, nomeadamente “com instrumentos de apoio à economia e com o investimento fundamental nas acessibilidades”.

“A este propósito, no que diz respeito ao eixo económico Maia-Trofa-Famalicão, saudamos o arranque imparável das obras de construção da variante à Estrada Nacional 14”, frisou Eduardo Oliveira.

Comentários