18.4 C
Vila Nova de Famalicão
Segunda-feira, 21 Junho 2021
Partilhar
  • 254
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    254
    Shares

Eduardo Oliveira diz a secretário de Estado que Famalicão precisa de mais e melhor saúde

Numa conferência do PS-Famalicão, Eduardo Oliveira alertou o secretário de Estado Adjunto e da Saúde para a necessidade de novas instalações, novos equipamentos e mais especialidades de proximidade.

4 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Mais enfermeiros no centro de vacinação de Famalicão

24 enfermeiros reforçam equipa no centro de vacinação até ao final de julho.

Paulo Costa é o candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal

Deputado municipal concorre à presidência da Câmara. Catarina Ferraz encabeça a lista à Assembleia Municipal.

Agostinho Fernandes quer Eduardo Oliveira a “virar a página de Famalicão”

“Servir as pessoas é a verdadeira essência da política. Estou aqui para servir os famalicenses”, enfatizou Eduardo Oliveira na apresentação do mandatário e de todos os candidatos a vereadores.

Canil de Famalicão custa mais de meio milhão de euros e derrapa 50 mil

A Câmara Municipal aprovou reforço de 10% nas obras de construção do novo canil municipal. Equipamento está a ser construído junto do antigo canil e estará equipado com cerca de 80 boxes para cães, 45 para gatos e 4 para outras espécies.
Partilhar
  • 254
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    254
    Shares

O candidato do PS à presidência da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Eduardo Oliveira, desafiou o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, a dotar o concelho de mais infraestruturas e serviços de saúde.

Profundo conhecedor do panorama da saúde no concelho de Famalicão, dado ser enfermeiro no Centro Hospitalar do Médio Ave (CHMA) desde 2008, e especialista em Saúde Materna e Obstetrícia desde 2013, Eduardo Oliveira alertou o secretário de Estado Adjunto e da Saúde para a necessidade de novas instalações, novos equipamentos e mais especialidades de proximidade.

“A saúde é um foco de atuação que considero prioritário. Por isso, lanço o desafio para que possamos no futuro ter mais valências, mais serviços e mais especialidades para servir a comunidade famalicense”, afirmou Eduardo Oliveira, dirigindo-se a António Lacerda Sales.

Na sua qualidade de militante socialista, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde falava na noite de segunda-feira, numa conferência digital organizada pelo Partido Socialista (PS) de Vila Nova de Famalicão, que tinha o governante como orador convidado.

A conferência foi transmitida na plataforma Zoom e encontra-se disponível na página oficial do PS-Famalicão no Facebook.

Na moderação da conferência estava Maria Augusta Santos, uma figuras históricas do PS-Famalicão, com experiência como presidente da Junta de Lousado, vereadora na Câmara Municipal e deputada à Assembleia da República, que assume um papel de relevo na comissão política liderada por Eduardo Oliveira.

“Dar mais qualidade de vida aos famalicenses é dar mais saúde. E dar mais saúde passa por melhores equipamentos e mais especialidades próximas das pessoas”, explicou Eduardo Oliveira, que agradeceu a presença na conferência socialista do presidente do conselho de administração do CHMA, António Barbosa, antigo vereador do PS na Câmara de Famalicão.

Eduardo Oliveira felicitou António Lacerda Sales “pelo trabalho que tem desempenhado pelo país, pelos famalicenses, por todos” e deixou “um convite para que num futuro breve possa estar junto de nós, presencialmente”, “para que se pense em termos novas instalações, novos equipamentos”. “A nossa preocupação é servir a comunidade famalicense”, frisou o candidato do PS.

“FELICIDADES PARA O DESAFIO AUTÁRQUICO”

“Com muito gosto, logo que possa estar presente estarei [em Famalicão]”, respondeu António Lacerda Sales, aceitando o convite de Eduardo Oliveira.

“Ter um enfermeiro à frente do PS é a garantia de que a saúde irá ser a primeira prioridade em Famalicão. Essa garantia todos os famalicenses já a têm. Só isso, por si, já nos tranquiliza”, declarou o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, que tratou o presidente do PS-Famalicão como “camarada Eduardo Oliveira” e “senhor enfermeiro Eduardo Oliveira”.

António Lacerda Sales desejou “muitas felicidades para o desafio autárquico” e considerou ser “muito importante que o PS afirme o seu projeto junto dos famalicenses”.

“A saúde e a recuperação económica e social serão as duas grandes prioridades para quais devemos olhar com muita seriedade e muita responsabilidade”, realçou o governante, balizando as grandes questões do próximo quadriénio autárquico.

António Lacerda Sales, secretário de Estado Adjunto e da Saúde, foi o orador convidado numa conferência do PS-Famalicão. Fotografia DR/ARQUIVO

Esta foi a terceira sessão de um ciclo de conferências que o PS famalicense está a promover sobre “temas relevantes da ação política”. O objetivo da liderança de Eduardo Oliveira é contribuir para a “informação de cidadãos mais esclarecidos”, assim como para a “consolidação de conhecimentos” de militantes e simpatizantes do PS, a poucos meses de eleições autárquicas.

Nas duas conferências anteriores tinham sido abordados dois temas de interesse e atualidade: a situação da educação em Portugal e as perspetivas que se abrem ao país e às regiões com o Plano de Recuperação e Resiliência.

Comentários