5.8 C
Vila Nova de Famalicão
Domingo, 28 Novembro 2021
Partilhar
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 1
  •  
    3
    Shares

ENGENHO festejou o Dia de São Martinho

A realização do magusto é uma das vivências intergeracionais entre os utentes da instituição.

1 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Concertos de Natal de Famalicão decorrem no Mercado Municipal

Quase duas dezenas de convidados vão atuar entre os dias 1 de dezembro e 9 de janeiro.

PSD-Famalicão renova confiança no deputado Jorge Paulo Oliveira

Jorge Paulo Oliveira é deputado à Assembleia da República há 10 anos.

Sem campo para jogar no concelho, FC Famalicão instala-se em clube de Esposende

O assunto foi levantado esta quinta-feira na reunião do executivo da Câmara Municipal de Famalicão pelo vereador do PS Eduardo Oliveira. O Presidente da Câmara, Mário Passos, considera que se trata de um problema da SAD do FC Famalicão.

Eleições no PSD: Paulo Cunha recebeu Rangel e Augusto Lima recebeu “vice” de Rio

Eleições para a liderança nacional decorrem no próximo sábado, dia 27. Paulo Cunha, que disse que não apoiava nem Paulo Rangel nem Rui Rio, mas participou no evento de um dos candidatos.
Partilhar
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  • 1
  •  
    3
    Shares

A ENGENHO – Associação de Desenvolvimento Local do Vale do Este, festejou o São Martinho, na passada quinta-feira, envolvendo todos os utentes das suas diferentes respostas sociais, com os cuidados que a situação de saúde pública ainda exige.

O São Martinho foi festejado no Centro de Apoio Comunitário e no Lar “A Minha Casa”, equipamentos desconcentrados da Associação.

“Para além da sua natureza festiva e da tradição, com usos e costumes vincados nas comunidades com marcas de ruralidade, o São Martinho, com o habitual magusto, continua a ser um dos muitos momentos privilegiados para vivências intergeracionais”, sublinhou o presidente da direção, Manuel Augusto de Araújo.

A festa e todos os preparativos proporcionaram às crianças, aos idosos e aos colaboradores, situações e momentos de diálogo e partilha de competências e aprendizagens, traduzidos nas capacidades de planificação, organização e colaboração.

Neste contexto, no Lar, os utentes dedicaram-se a atividades relacionadas com a doçaria baseada na castanha, arranjos alusivos e outras terapias ocupacionais, enquanto que no Centro de Apoio Comunitário as crianças valorizaram a área das expressões artísticas e motricidade, juntamente com os utentes do Centro de Dia.

O magusto contou ainda com a participação dos Amigos das Concertinas do Vale do Rio Este.

Comentários

- Publicidade -
- Publicidade -

Atualidade