12 C
Vila Nova de Famalicão
Quinta-feira, 25 Abril 2024

Festival de teatro amador “Terras de Camilo” decorre de 2 de março a 27 de abril

Entrada livre

2 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Celebrações dos 50 anos do 25 de Abril em Famalicão

Celebrações de amanhã, quinta-feira, têm início às 10h. Na parte da tarde há um concerto de jazz nos Paços no Concelho.

Polícia Judiciária outra vez na Câmara de Famalicão para investigar viagens pagas a autarcas

O ex-autarca Paulo Cunha é um dos visados num caso de suspeitas de corrupção que envolve viagens à sede da Microsoft nos EUA. Câmara de Famalicão confirma investigações.

Feira apresenta aos alunos oferta formativa do ensino secundário

Evento destinado aos alunos do 9º ano foi realizado no CIIES, em Vale São Cosme.

Caminhos da Liberdade em Vila Nova de Famalicão

Locais onde se fez resistência à Ditadura Salazarista

É em “Terras de Camilo” que se vai voltar a viver a ‘magia’ do teatro amador. De 2 de março a 27 de abril, o auditório do Centro de Estudos Camilianos, em Seide, volta a ‘dar palco’ ao teatro amador nacional no XVII Festival de Teatro Amador “Terras de Camilo”.

A Famalicão chegam propostas de grupos de teatro amador de todo o país – Barcelos, Idanha-a-Nova, Maia, Viseu, Vila Nova de Gaia e Valongo –, para além dos espetáculos protagonizados pela ‘prata da casa’.

Todos os espetáculos têm entrada livre, sujeita a lotação do espaço, e início pelas 21h30.

O festival, organizado pelo Município de Vila Nova de Famalicão em parceria com o GRUTACA – Grupo de Teatro Amador Camiliano, arranca no sábado, dia 2 de março, com a peça “A Furgoneta”, pelo Teatro de Balugas (Barcelos), que vai dar a conhecer a história de Romão e do irmão que decidem reformar o negócio do pai, adotando um novo negócio: uma furgoneta que vende tudo e mais alguma coisa.

Segue-se a peça “O Casamento”, pela Escola Dramática e Musical de Milheirós (Maia), no dia 9 de março, depois “A Beata da Sogra”, pelo Grupo de Teatro Aldeia Verde de Lazarim (Viseu), no dia 16, e “Sozinha”, protagonizada pela atriz famalicense, Elsa Pinho, no sábado, 23.

O Dia Mundial do Teatro, comemorado a 21 de março, será marcado com iniciativas como a apresentação do espetáculo infantojuvenil, “O Rei Que Comia Histórias”, pela Pandora Teatro (Vila Nova de Gaia), no dia 27 de março, pelas 15h00, bem como a oficina de teatro “Abril e a Liberdade – Da Escrita Criativa à Encenação de um Conto”, orientada por Ana Azevedo, com sessões de 27 de março a 25 de abril e inscrição gratuita e obrigatória.

Já em abril, está prevista a inauguração da exposição “O Palco das Marionetas”, no dia 5, pelas 18h00, que ficará patente na Casa do Caseiro da Casa-Museu de Camilo Castelo Branco até dia 28 de abril, com entrada livre.

A programação teatral prossegue no dia 6 de abril, com o espetáculo “Até Que a Boda Nos Separe”, pelo Grupo Dramático e Recreativo da Retorta (Valongo), seguindo-se, no dia 13, a peça de teatro “O Anexo”, pela Ajidanha – Associação de Juventude, de Idanha-a-Nova.

Na semana seguinte, a 20 de abril, será a vez do NUTEACV – Núcleo de Teatro da Associação Cultural de Vermoim, grupo de teatro amador famalicense, levar a cena o espetáculo “Bons Olhos o Vejam”, no auditório do Centro de Estudos Camilianos.

O XVII Festival de Teatro Amador “Terras de Camilo” encerra com uma performance protagonizada pelo GRUTACA, no dia 27 de abril, que apresentará o espetáculo “O Lobisomem”.

Comentários