9 C
Vila Nova de Famalicão
Sábado, 4 Fevereiro 2023

Mário Passos falha promessa da candidatura de Famalicão a Capital Europeia do Desporto em 2025

Tallinn, capital da Estónia, foi escolhida como Capital Europeia do Desporto em 2025.

4 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Mário Passos e Eduardo Oliveira têm uma história da vida pessoal em comum

Saiba o que liga os dois políticos famalicenses.

Trabalhadores da Transdev em greve na segunda-feira

Usa transporte público rodoviário em Famalicão? Há greve marcada na Transdev

Moradores de Gondifelos protestam e lagoa de “lixo” é chumbada

Moradores entregaram à Câmara Municipal um abaixo-assinado contra a construção de uma lagoa chorume, líquido que resulta da decomposição do lixo.

Noite de Carnaval terá 12 linhas de autocarros gratuitos para o centro de Famalicão

Três horários disponíveis para ir e regressar.

A promessa gerou muita expetativa, mas não será realidade. A decisão já foi tomada e Famalicão não será a Capital Europeia do Desporto em 2025.

O NOTÍCIAS DE FAMALICÃO apurou junto da Associação das Cidades Europeias do Desporto (ACES Europe) que a cidade de Tallinn, na Estónia, foi escolhida como a nova Capital Europeia do Desporto para 2025. [ver aqui]

Na sessão de apresentação pública da sua candidatura à presidência da Câmara de Famalicão, Mário Passos disse querer “fazer do desporto uma bandeira de Famalicão” e que se fosse eleito presidente da autarquia iria apresentar a candidatura de Famalicão a Capital Europeia do Desporto em 2025. A declaração foi notícia na imprensa local, regional e nacional, gerando muita expectativa e angariando apoios de organizações desportivas como a Federação Portuguesa de Natação.

No início desta semana o NOTÍCIAS DE FAMALICÃO contactou a Câmara de Famalicão para saber sobre o andamento da candidatura do Município. A resposta enviada pelo gabinete de comunicação de Mário Passos refere que “ainda não foi apresentada essa candidatura”. “Os serviços municipais encontram-se a trabalhar no assunto”, referiu o assessor de imprensa do presidente.

Excerto do comunicado enviado por Mário Passos à comunicação social no dia 7 de julho de 2021.

Em julho do ano passado, Mário Passos destacou os “trunfos fortes” que acreditava que iriam “fazer de Famalicão a Capital Europeia do Desporto”. Entre eles, “a conclusão do Centro Desportivo de Famalicão, a conclusão do plano de modernização dos espaços desportivos do concelho, e a ampliação dos programas desportivos municipais já no terreno”.

Refira-se que antes de assumir a presidência da Câmara de Famalicão, em outubro do ano passado, Mário Passos foi vereador responsável pelo pelouro do Desporto por dois mandatos.

No ano passado Melchior Moreira, principal acusado da Operação Éter, foi contratado pela Câmara de Famalicão, tendo entre as suas atribuições a preparação da candidatura de Famalicão a Capital Europeia do Desporto em 2025. [ver aqui]

Entretanto, fontes municipais informaram ao NOTÍCIAS DE FAMALICÃO que a colaboração entre o antigo deputado do PSD e ex-líder do Turismo do Porto com a autarquia famalicense já terminou.

Publicação do Município de Famalicão nas redes sociais em março deste ano.

TALLIN É A CAPITAL EUROPEIA DO DESPORTO EM 2025

“A candidatura estoniana foi realmente forte, com um projeto de planeamento urbano desportivo único, muita participação desportiva, investimento e eventos de alta qualidade”, disse Gian Francesco Lupattelli, presidente e fundador da Associação das Cidades Europeias do Desporto (ACES Europe).

A ACES Europe refere que, entre os dias 13 e 16 de outubro, uma comissão de avaliação visitou Tallinn, e o júri verificou como o desporto é organizado e gerido na cidade.

A nomeação oficial de Tallinn como Capital Europeia do Desporto em 2025 será realizada durante a Gala dos Prémios Anuais de Bruxelas, no próximo dia 6 de dezembro.

Com a escolha de Tallinn, a capital da Estónia será a próxima cidade premiada depois de Glasgow em 2023 e Génova em 2024. Lisboa foi a Capital Europeia do Desporto em 2021 e este ano é Haia (Países Baixos).

CANDIDATURA DIFERENTE

O NOTÍCIAS DE FAMALICÃO também contactou a Associação Portuguesa das Cidades Europeia do Desporto (ACES Portugal) que informou que Vila Nova de Famalicão tem em curso uma candidatura, mas é para Cidade Europeia do Desporto e não para Capital Europeia do Desporto.

São distinções bem diferentes.

Anualmente, apenas uma cidade é nomeada Capital Europeia do Desporto enquanto que o título de Cidade Europeia do Desporto é atribuído a vários municípios na Europa no mesmo ano.

Além disso, Vila Nova de Famalicão não cumpre os critérios para concorrer a Capital Europeia do Desporto (ser capital de um país ou uma cidade com mais de 500.000 habitantes), podendo apenas concorrer a Cidade Europeia do Desporto (qualquer município europeu entre os 25.000 e os 500.000 habitantes).

Nuno Santos, presidente da ACES Portugal, informou ao NOTÍCIAS DE FAMALICÃO que Vila Nova de Famalicão é um dos dois municípios portugueses a presentar candidatura ao título de Cidade Europeia do Desporto em 2025. O outro município é Matosinhos.

O presidente da ACES referiu que “a decisão só será tomada no segundo semestre de 2023”. Entre os critérios para a decisão inclui-se a visita de um júri europeu a cada uma dos municípios para avaliação das instalações desportivas, dos respetivos programas e do nível do desenvolvimento desportivo das populações e das suas coletividades desportivas.

Nuno Santos destaca que o município a quem é atribuído o título de Cidade Europeia do Desporto assume diversos compromissos, entre eles a realização de 365 eventos durante o ano. Em Portugal, este ano a Cidade Europeia do Desporto é Leiria. Em 2023 será Viana do Castelo e Viseu em 2025.

Os regulamentos para a apresentação de candidaturas (capital europeia, cidade, região, etc) podem ser consultados no site da ACES Europa [ver aqui]

* notícia atualizada às 17:15 com a informação da ACES Portugal.

Comentários