18.4 C
Vila Nova de Famalicão
Segunda-feira, 21 Junho 2021
Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior visita UMinho em Braga e Famalicão

Ministro Manuel Heitor dedica sexta-feira à ciência da Universidade do Minho. Novo prémio, apresentações de projetos, encontros, visita a novas instalações e exposição estão na agenda.

3 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Mais enfermeiros no centro de vacinação de Famalicão

24 enfermeiros reforçam equipa no centro de vacinação até ao final de julho.

Paulo Costa é o candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal

Deputado municipal concorre à presidência da Câmara. Catarina Ferraz encabeça a lista à Assembleia Municipal.

Agostinho Fernandes quer Eduardo Oliveira a “virar a página de Famalicão”

“Servir as pessoas é a verdadeira essência da política. Estou aqui para servir os famalicenses”, enfatizou Eduardo Oliveira na apresentação do mandatário e de todos os candidatos a vereadores.

Canil de Famalicão custa mais de meio milhão de euros e derrapa 50 mil

A Câmara Municipal aprovou reforço de 10% nas obras de construção do novo canil municipal. Equipamento está a ser construído junto do antigo canil e estará equipado com cerca de 80 boxes para cães, 45 para gatos e 4 para outras espécies.
Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, dedica a sua agenda desta sexta-feira à Universidade do Minho, participando em Braga em sessões com estudantes-investigadores e encontros com responsáveis de unidades orgânicas, centros de I&D e a equipa reitoral; segue-se uma visita ao futuro polo da Universidade do Minho em Famalicão, a entrega de prémios e a inauguração de uma exposição.

O programa inicia-se às 9h15, no campus de Gualtar, em Braga, com a apresentação dos 18 melhores projetos do “Prémio UMinho de Iniciação na Investigação Científica”. Esta primeira edição, promovida pela Reitoria em articulação com os centros de investigação, permitiu que, nos últimos meses, estudantes de licenciatura e dos primeiros anos de mestrado integrado desenvolvessem projetos científicos integrados em equipas de reconhecido mérito.

Os auditórios da Escola de Ciências, da Escola de Engenharia e do Instituto de Educação vão ser os palcos para conhecer os projetos, organizados em três painéis e centrados em temas como novos produtos de carne com gorduras saudáveis, o stress dos organismos no fundo dos rios e mares, o impacto do suplemento de iodo em grávidas e o papel dos emojis na comunicação. Desvenda-se ainda o uso de raios cósmicos para projetar edifícios, um implante sem fios, um sistema atómico, os preconceitos em decisões judiciais, os comportamentos de risco de automobilistas, os cursos profissionais no ensino secundário, os jovens e as narrativas do cinema, as mais-valias das crianças bilingues e as práticas saudáveis na infância, entre outros. Os autores dos nove projetos vencedores, três por painel, vão ser premiados pelas 16h30, com a presença do ministro e do reitor.

O átrio do Complexo Pedagógico 1 vai acolher apresentações de pósteres daquele Prémio e também, às 11h00, uma sessão de pósteres da iniciativa nacional “Verão com Ciência”, promovida em 2020 pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, e na qual a Universidade do Minho interveio através de seis projetos, que envolveram a contratação de 78 bolseiros. Uma hora mais tarde, no vizinho auditório A1, há uma reunião do Ministro com dirigentes das escolas/institutos e dos centros de I&D da Universidade do Minho sobre o Plano de Recuperação e Resiliência e a Estratégia Portugal 2030. O Presidente da CCDR-N, António Cunha, vai igualmente apresentar a Estratégia de Desenvolvimento do Norte 2021-27.

POLO DA UNIVERSIDADE DO MINHO EM FAMALICÃO

De tarde, às 14h30, decorre a visita às instalações do futuro polo da Universidade do Minho em Vale de São Cosme, Famalicão. O roteiro inclui a passagem, entre outros, pelos laboratórios de Biotecnologia Alimentar, de MicroNano Fabricação e Sistemas e Tecnologias de Materiais Avançados, bem como pela incubadora de empresas e pelo Centro de Competências do Agroalimentar para o Setor das Carnes. O presidente do município famalicense, Paulo Cunha, vai estar presente.

Reitor e autarca de Famalicão em visita recente ao futuro polo da Universidade do Minho. Fotografia UMinho/DR

Manuel Heitor regressa a Braga para participar na entrega dos Prémios Universidade do Minho e, às 17h00, abre um ciclo de encontros com os centros de investigação em Portugal. Este primeiro momento vai ser dedicado ao trabalho e aos cientistas do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho (CECS), que celebra vinte anos. Ambas as iniciativas têm lugar no auditório multimédia do edifício 13.

Uma hora depois, o ministro desloca-se ao Largo do Paço, no centro da cidade, para inaugurar a exposição “O Silêncio da Terra”, que fica patente até setembro e parte de uma investigação histórico-cultural sobre a “Diamang” em Angola, outrora uma das cinco maiores produtoras de diamantes no mundo, cujo importante espólio foi parcialmente doado à Universidade do Minho.

 

Comentários