test
18 C
Vila Nova de Famalicão
Segunda-feira, 17 Junho 2024

Polícia Judiciária detém grupo que fez assaltos em Famalicão, Braga e Barcelos

Os sete detidos são acusados de 12 crimes.

2 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Desporto ao ar livre em Famalicão em parceria com mais de 70 coletividades locais

Iniciativa decorre de 17 de junho a 12 de julho.

Tony 1 – IMI 0

O orçamento das Antoninas foi de quase um milhão de euros. Bem acima da média do que gastam os concelhos vizinhos.

Iniciativa Liberal cresce e passa a terceira força política de Famalicão

Nas eleições europeias, a Iniciativa Liberal cresceu em Famalicão, mas coordenadora local apresentou a demissão.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, esta segunda-feira, dia 27, sete presumíveis autores de dois crimes de roubo agravado, sete crimes de furto qualificado, três crimes de furto, um de falsificação/contrafação de documento e um de detenção de arma proibida, praticados nos concelhos de Vila Nova de Famalicão, Braga e Barcelos.

A investigação do Departamento de Investigação Criminal de Braga da PJ iniciou-se a 28 de outubro de 2023, com a participação de dois crimes de roubo numa residência, em Joane, onde se encontravam dois homens. Os assaltantes efetuaram diversos disparos de armas de fogo, vindo a atingir um dos homens, que ainda assim conseguiu fugir para o exterior. A segunda vítima foi ameaçada e alvo de diversas agressões. Após o roubo, os assaltantes colocaram-se em fuga.

As vítimas, ambas com 24 anos, necessitaram de receber tratamento hospitalar pelas lesões que lhes foram infligidas.

Com o decurso da investigação, foi possível acompanhar a atividade criminosa do grupo. A partir de finais do passado mês de abril, quatro dos detidos vieram a praticar diversos furtos qualificados, visando máquinas de pagamento automático e outros objetos de valor, instalados em estabelecimentos comerciais nos concelhos de Braga e de Barcelos, causando prejuízos de várias dezenas de milhares de euros.

Na quarta-feira foram realizadas diversas buscas domiciliárias e outras diligências de investigação, que culminaram com a recolha de importantes elementos de prova. Seis foram detidos fora de flagrante delito, por emissão de mandados de detenção, e um sétimo detido em flagrante delito.

Os detidos, seis homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 20 e os 34 anos, com antecedentes criminais, serão presentes às autoridades competentes para interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

As detenções contaram com a colaboração da Polícia de Segurança Pública e da Guarda Nacional Republicana.

Comentários

- Publicidade -