25.3 C
Vila Nova de Famalicão
Sexta-feira, 27 Maio 2022

Jorge Paulo Oliveira questiona Governo sobre a construção de um novo nó na A7

Deputado quer resposta sobre nó na zona de Fradelos e Balazar.

min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Negócio polémico em Mouquim. Câmara paga 240 mil euros por terreno avaliado em 145 mil

Maioria PSD-CDS na Câmara de Famalicão aprovou pagar 240 mil euros por um terreno avaliado duas vezes e que técnicos municipais tinham avaliado por 145 mil. "Uma história mal contada", acusa o PS.

PSD-Famalicão. Sofia Fernandes lidera candidatos a delegados de Montenegro ao congresso nacional

Sofia Fernandes vai disputar os delegados do PSD famalicense com Jorge Moreira da Silva, que é candidato à liderança nacional do partido.

Engenho celebra 28º aniversário

Instituição está a desenvolver o projeto "Laços com Engenho/Compromisso com a Comunidade".

Jorge Moreira da Silva lidera lista de delegados famalicenses ao congresso nacional do PSD

As eleições diretas à liderança nacional do partido e as eleições de delegados para o congresso realizam-se no próximo sábado, dia 28 maio.

O deputado lembrou esta segunda-feira, 9 de maio, ao ministro das Infraestruturas que os “autarcas, as empresas, a Igreja e as populações estão de acordo quanto à localização deste novo nó”, que o estudo preliminar de viabilidade, “incluindo a instalação de uma praça de portagem, no limite dos concelhos de Vila Nova de Famalicão e Póvoa de Varzim”, estava elaborado, que a concessionária da via, a ASCENDI, assumiu o custo das obras e que as Câmaras Municipais de Vila Nova de Famalicão e da Póvoa de Varzim, comprometeram-se a ”suportar o arranjo das vias de acesso, pelo que não haverá custos acrescidos para os utilizadores”.

O que falta? Questionou o deputado social-democrata. Apenas “uma decisão do Governo quanto ao pedido de prolongamento da concessão, para que as obras possam avançar”.

Jorge Paulo Oliveira, recordou ao ministro Pedro Nuno Santos, que este “sensivelmente há um ano, informou que o Instituto da Mobilidade e dos Transportes estava a realizar uma análise preliminar de viabilidade técnica, bem como uma análise económico-financeira, dos custos de construção, operação e manutenção versus receitas de portagem – da criação do novo nó” para logo o questionar se a análise do IMT estava concluída e, caso contrário, “quando podemos contar com a mesma e consequente dispormos de uma decisão definitiva por parte do Governo?

A construção de um novo nó na zona das freguesias de Fradelos e Balasar, é uma velha aspiração da Igreja, por força do culto religioso de dimensões importantes – como é o da Beata Alexandrina – mas igualmente das populações, das empresas e dos autarcas daqueles dois municípios, pois a sua construção permitiria indiscutivelmente melhorar significativamente a mobilidade naqueles territórios.

Jorge Paulo Oliveira tem recorrentemente defendido esta obra e dedicou-lhe, inclusivamente, uma iniciativa especifica na última campanha eleitoral com o também Deputado do PSD, Carlos Eduardo Reis, que juntou Mário Passos, Aires Pereira e Mário Constantino, respetivamente Presidentes das Câmaras Municipais de Vila Nova de Famalicão, Póvoa de Varzim e Barcelos.

Em comunicado, o deputado social-democrata informa que o responsável governativo não respondeu às suas perguntas.

Comentários