9 C
Vila Nova de Famalicão
Sábado, 4 Fevereiro 2023

Renúncia de Leonel Rocha lança confusão em Ribeirão

Há uma reunião extraordinária da Assembleia de Freguesia marcada para hoje à noite. Presidente demissionário acusa oposição de "má-fé".

4 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Mário Passos e Eduardo Oliveira têm uma história da vida pessoal em comum

Saiba o que liga os dois políticos famalicenses.

Trabalhadores da Transdev em greve na segunda-feira

Usa transporte público rodoviário em Famalicão? Há greve marcada na Transdev

Moradores de Gondifelos protestam e lagoa de “lixo” é chumbada

Moradores entregaram à Câmara Municipal um abaixo-assinado contra a construção de uma lagoa chorume, líquido que resulta da decomposição do lixo.

Noite de Carnaval terá 12 linhas de autocarros gratuitos para o centro de Famalicão

Três horários disponíveis para ir e regressar.

Uma convocatória para a realização de uma reunião extraordinária da Assembleia de Freguesia de Ribeirão, agendada para hoje, 6 de janeiro, está a confundir os ribeirenses. É que o executivo da Junta de Freguesia, de maioria relativa PSD-CDS, renunciou ao mandato na última segunda-feira, dia 2, durante uma conferência de imprensa. [ver aqui Leonel Rocha renuncia e Junta de Ribeirão irá a eleições]

Na ordem de trabalhos da convocatória consta como ponto único a apreciação e votação da proposta das opções do plano de atividades, orçamento e mapa de pessoal do ano de 2023.

Acontece que após o orçamento ter sido chumbado na reunião da Assembleia de Freguesia realizada no dia 29 de dezembro, com os votos contra dos eleitos pelo Movimento Juntos por Ribeirão e pelo Partido Socialista, o executivo da junta renunciou ao mandato. [ver aqui Orçamento de Leonel Rocha chumbado em Ribeirão]

O NOTÍCIAS DE FAMALICÃO contactou Leonel Rocha, presidente demissionário, acerca da formalização da renúncia ao mandato dos eleitos pela coligação PSD-CDS/PP junto das entidades competentes.

“Estamos a recolher as assinaturas de todos os membros da lista e a dar os devidos passos para efetivar a renúncia”, disse Leonel Rocha ao NOTÍCIAS DE FAMALICÃO, acrescentando que o processo estará concluído nos próximos dias.

“Após a formalização de todo o processo, o Ministério da Administração Interna irá marcar eleições intercalares”, explicou Leonel Rocha, avançando que irá concorrer a um novo mandato, “basicamente com a mesma equipa”.

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA

Sobre a reunião extraordinária da assembleia de freguesia marcada para hoje, Leonel Rocha referiu que “é administrativamente possível, mas eticamente não faz sentido”. Assim, o autarca demissionário enviou hoje um email a Cristina Sá, presidente da Assembleia de Freguesia, a solicitar o adiamento da reunião.

Cristina Sá confirmou ao NOTÍCIAS DE FAMALICÃO o recebimento do email. No entanto, a autarca refere que a reunião da Assembleia de Freguesia marcada para hoje “não será adiada”.

“Não foi formalizada, até ao momento, junto à Assembleia de Freguesia, a renúncia de membros eleitos pela coligação PSD-CDS/PP para a Junta de Freguesia nem de membros eleitos pela coligação para a Assembleia”, referiu Cristina Sá. A autarca salientou que a informação que dispõe sobre o assunto “advém de publicações nas redes sociais e na comunicação social”.

Cristina Sá explicou ao NOTÍCIAS DE FAMALICÃO que na reunião do dia 29 de dezembro ficou acordado entre todas as forças políticas a realização de uma reunião extraordinária para a votação do orçamento retificado “o mais rapidamente possível”.

A autarca refere que, no seguimento do que havia sido acordado, na hora do almoço de segunda-feira, dia 2, contactou Leonel Rocha para a marcação da reunião extraordinária. “Falei com o presidente da Junta e ficou decidido realizar a reunião na sexta-feira. Dei de imediato seguimento aos devidos trâmites para cumprir o prazo de 48 horas exigido para convocação de uma assembleia extraordinária. Marcamos a reunião como tem sido feito habitualmente. Só hoje, sexta-feira, recebi um email a pedir o adiamento da reunião, tendo como justificação a renúncia que ainda não foi formalizada”.

O NOTÍCIAS DE FAMALICÃO sabe que também o Partido Socialista contactou o presidente da Junta e a presidente da Assembleia de Freguesia a solicitar esclarecimentos sobre a realização da reunião marcada para hoje à noite. No entanto, até ao momento não conseguimos contactar Vera Rocha, membro da assembleia de freguesia eleita pelo Partido Socialista.

ORÇAMENTO RETIFICADO

Entretanto, o NOTÍCIAS DE FAMALICÃO teve acesso ao documento a ser apresentado na reunião. O orçamento foi retificado, nomeadamente, a duplicação do valor do elevador, um erro apontado pelo Movimento Juntos por Ribeirão e pelo Partido Socialista e assumido por Leonel Rocha na última assembleia de freguesia.

Leonel Rocha confirmou ao NOTÍCIAS DE FAMALICÃO que o orçamento foi retificado. O autarca salientou que apenas teve conhecimento do erro durante a reunião da assembleia de freguesia e que “a situação foi devidamente explicada”.

“O que se passou na última assembleia foi uma grande mentira”, acrescentando que “nunca esteve em causa uma despesa com o valor de 55 mil euros, isso foi muito bem explicado”.

O autarca destaca que “a renúncia não se deveu ao orçamento”. “O orçamento foi retificado numa reunião realizada de urgência, no sábado, antes que fosse tomada a decisão de renunciar. Era algo simples e foi resolvido. A renúncia deu-se por razões políticas”, destaca Leonel Rocha, que considera que “a oposição agiu de má-fé”.

Comentários