test
18 C
Vila Nova de Famalicão
Segunda-feira, 17 Junho 2024

Tertúlia sobre os 50 anos do PSD-Famalicão junta Armindo Costa, Lída Bacelar e Albino Rebelo

Militantes ativos mais antigos do PSD-Famalicão serão homenageados.

2 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Desporto ao ar livre em Famalicão em parceria com mais de 70 coletividades locais

Iniciativa decorre de 17 de junho a 12 de julho.

Tony 1 – IMI 0

O orçamento das Antoninas foi de quase um milhão de euros. Bem acima da média do que gastam os concelhos vizinhos.

Iniciativa Liberal cresce e passa a terceira força política de Famalicão

Nas eleições europeias, a Iniciativa Liberal cresceu em Famalicão, mas coordenadora local apresentou a demissão.

O Partido Social Democrata comemora no próximo dia 6 de maio 50 anos sobre a sua fundação. Para celebrar esta data incontornável na história da democracia portuguesa a secção do PSD de Vila Nova de Famalicão, agora sob a liderança da vereadora Sofia Fernandes, irá realizar no decurso do ano diversas atividades alusivas aos 50 anos da fundação do partido.

O programa de comemorações inicia-se no dia 6 de maio, precisamente na data de fundação do PSD, com a realização de uma tertúlia de militantes no café-concerto da Casa das Artes, pelas 21h00, com militantes que viveram o momento fundador e que partilharão na primeira pessoa a criação e implantação do PSD em Vila Nova de Famalicão.

Armindo Costa, Lídia Bacelar e Albino Rebelo serão as memórias vivas desta tertúlia informal, aberta a todos os militantes, e que assinala o início do programa de comemorações.

Armindo Costa, que residia na zona de Lisboa na data de fundação do PSD, foi posteriormente presidente da Comissão Política do PSD de Vila Nova de Famalicão, em meados da década de 1980, tendo sido o autarca eleito nas listas PSD que mais tempo esteve em funções como presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, entre janeiro de 2002 e outubro de 2013. Além disso, foi o primeiro vereador da oposição entre 1997 e 2001.

Lídia Bacelar, filha de Carlos Bacelar, já desaparecido, fundador e primeiro presidente da Comissão Política do PSD de Vila Nova de Famalicão, partilhará a visão de uma jovem que viveu intimamente a fundação do partido em Vila Nova de Famalicão.

Albino Rebelo, um dos militantes mais antigos e interventivos à data, partilhará com os presentes a implantação do PSD nas freguesias do concelho e as várias lutas eleitorais que se seguiram, com particular destaque para os acontecimentos no chamado “Verão Quente” de 1975.

De seguida será efetuada uma homenagem aos militantes ativos mais antigos da secção de Vila Nova de Famalicão, naquele que, pela sua simbologia, será certamente será um dos momentos altos da noite.

Comentários