9.8 C
Vila Nova de Famalicão
Quarta-feira, 26 Janeiro 2022

Alunos voltam à escola a 10 de janeiro

Segundo período letivo começa na data previamente definida com aulas presenciais. Lacerda Sales, secretário de Estado Adjunto e da Saúde, afirma não estão previstas alterações nas medidas já estabelecidas.

1 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

CDS-PP defende isenção de IRC sobre lucros reinvestidos nas empresas

Areia de Carvalho visita empresa Vieira de Castro, em Vila Nova de Famalicão.

HumanitAVE está a desenvolver projetos na Guiné-Bissau

Instituição enviou um contentor repleto de materiais angariados em diversas campanhas.

PAN aponta problemas na reabilitação do mercado municipal

Durante ação de campanha em Famalicão, partido detetou "oportunidade perdida".

Legislativas. Candidatos do PAN visitaram a escola de Gondifelos

Uma das propostas do partido é redução de alunos por turma para “melhorar as aprendizagens”.

“Penso que essa medida [adiamento] não está garantidamente sobre a mesa. E, portanto, as aulas começam no dia 10 de janeiro”, afirmou Lacerda Sales, secretário de Estado Adjunto e da Saúde, esta segunda-feira, em Coimbra, destacando que “essa é uma medida fundamental para a saúde física, mental, social e psicológica das nossas crianças”.

O governante afastou assim a hipótese do adiamento do início do segundo período letivo ou a retomada das aulas através do ensino à distância por causa do grande aumento de casos de covid-19 nos últimos dias.

Apesar de deixar claro que não estão previstas alterações nas medidas já estabelecidas, o secretário de Estado referiu que o Conselho de Ministros vai avaliar a situação de acordo com a evolução da pandemia.

Recorde-se que, na próxima quarta-feira, dia 5, o Governo vai voltar a reunir-se com os peritos em saúde pública para analisar a evolução epidemiológica, no Infarmed. No dia seguinte haverá reunião do Conselho de Ministros.

 

Comentários

- Publicidade -