9.8 C
Vila Nova de Famalicão
Quarta-feira, 26 Janeiro 2022

Bispo português que mais sabe de redes sociais será o novo arcebispo de Braga

D. José Cordeiro, bispo de Bragança-Miranda, de 54 anos, substitui o famalicense D. Jorge Ortiga como arcebispo de Braga. A nomeação, feita pelo Papa Francisco, vai ser oficialmente apresentada esta manhã em Roma.

2 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

CDS-PP defende isenção de IRC sobre lucros reinvestidos nas empresas

Areia de Carvalho visita empresa Vieira de Castro, em Vila Nova de Famalicão.

HumanitAVE está a desenvolver projetos na Guiné-Bissau

Instituição enviou um contentor repleto de materiais angariados em diversas campanhas.

PAN aponta problemas na reabilitação do mercado municipal

Durante ação de campanha em Famalicão, partido detetou "oportunidade perdida".

Legislativas. Candidatos do PAN visitaram a escola de Gondifelos

Uma das propostas do partido é redução de alunos por turma para “melhorar as aprendizagens”.

Até agora bispo de Bragança-Miranda, D. José Cordeiro, de 54 anos, será o novo arcebispo de Braga e Primaz das Espanhas, substutiindo o famalicense D. Jorge Ortiga, que desempenha o cargo desde 18 de Julho de 1999.

A nomeação de D. José Cordeiro, feita pelo Papa Francisco, vai ser oficialmente apresentada esta manhã em Roma, segundo revelou a estação de rádio TSF.

A arquidiocese de Braga é uma das mais antigas, tendo sido criada no século III, e há mais de dois anos que o seu futuro estava mergulhado numa certa indefinição, dado o pedido de resignação de D. Jorge Ortiga, por motivos de idade.

Nascido em 5 de março de 1944, na freguesia de Brufe, concelho de Vila Nova de Famalicão, D. Jorge Ortiga, atualmente com 77 anos de idade, deixa a Arquidiiocese de Braga ao fim de 22 anos em funções.

Curiosamente, D. Manuel José Garcia Cordeiro, de 54 anos, “há muito que desejava a condição de arcebispo de Braga”, afirma o jornalista da TSF Manuel Vilas Boas, especialista em assuntos religiosos.

“Apesar de terem sido contemplados outros nomes, como o bispo de Coimbra, D. Virgílio Antunes, para esta difícil sucessão, D. José Cordeiro, o bispo português que mais sabe de redes sociais e também é doutor em liturgia, foi, tanto quanto se sabe, aposta permanente da Nunciatura em Lisboa”, relata Manuel Vilas Boas.

Quando foi nomeado bispo de Bragança-Miranda, em 18 de Julho de 2011, pelo Papa Bento XVI, D. José Cordeiro era o bispo mais novo do país. Vinha diretamente do Vaticano, onde era reitor do pontifício Colégio Português.

José Manuel Garcia Cordeiro nasceu em Angola em 1967, mas foi para Alfândega da Fé, em 1975. Foi ordenado padre em 16 de junho de 1991.

Licenciado em Teologia pela Universidade Católica Portuguesa, licenciou-se e doutorou-se em Liturgia em Roma, onde foi reitor do Colégio Português.

É vogal da Comissão Episcopal para a Liturgia e Espiritualidade e da Comissão Episcopal para as Vocações e Ministérios, da Conferência Episcopal Portuguesa e académico correspondente da Academia Internacional da Cultura Portuguesa.

Comentários