6.3 C
Vila Nova de Famalicão
Terça-feira, 27 Fevereiro 2024

Engenho reúne conselho Eco-Escolas

1 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Rotary Club de Famalicão comemora o seu aniversário com a visita do governador

Clube famalicense comemora o 54 anos de existência.

MEDIUM comercializa 38 apartamentos junto ao Parque da Cidade da Póvoa de Varzim

Apartamentos deverão estar concluídos no final de 2025.

Agrupamento Terras do Ave reforça aposta na programação e robótica

Agrupamento tem escolas em 10 freguesias do concelho.

O Conselho Eco-Escola da Engenho-Associação de Desenvolvimento Local do Vale do Este – reuniu, na passada quinta feira, no Centro de Apoio Comunitário, para elaborar o plano de ação deste projeto/programa de sensibilização e educação ambiental. 

Estiveram presentes os vereadores da Educação e do Ambiente da Câmara Municipal, Augusto Lima e Hélder Pereira reconhecendo desta forma a importância do programa Eco Escolas, dada a sua natureza, dinâmica e alcance, na Instituição e nas comunidades locais, numa “boa prática de compromisso cívico e de intervenção a favor do ambiente e da natureza como suporte da sustentabilidade e defesa dos ecossistemas”.  

Com a participação das equipas educativas, crianças, colaboradores, autarcas locais, agentes e parceiros da comunidade, o Conselho elaborou o plano de ação para o presente ano, privilegiando aspetos relacionados com o consumo e poupança de água e de energia, arranjo e manutenção de espaços exteriores e defesa da biodiversidade. Aspetos significativos serão o arranjo de um jardim de espécies aromáticas e da substituição de superfícies relvadas por prados naturais nos espaços exteriores dos diferentes equipamentos, bem como a hortofloricultura. 

O programa Eco-Escola, em termos de ações e iniciativas a desenvolver, está alinhado com o projeto educativo da Engenho, este ano centrado no subtema: O Rio, o Vale e as Memórias, aspetos que deverão ser abordados numa logica transversal, sistémica e mobilizadora em torno de referências, valores e indicadores identitários e específicos deste território, conforme sublinhou Manuel Augusto de Araújo, presidente da direção da Engenho. 

Comentários