7.5 C
Vila Nova de Famalicão
Terça-feira, 29 Novembro 2022

Coligação PSD-CDS assinalou um ano da sexta vitória eleitoral consecutiva em Famalicão

Na comemoração de um ano da sua eleição como presidente da Câmara, Mário Passos assistiu ao evento da plateia.

2 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Centro de apoio comunitário da Engenho vai passar por obras de requalificação

Associação aprovou o plano de atividades e orçamento para 2023

Chega promove palestra com Gonçalo Sousa

Evento será realizado no dia 1 de dezembro.

Campanha de Natal é promovida pela Câmara Municipal e Associação Comercial e Industrial de Famalicão

A chegada do Pai Natal está marcada para a tarde do dia 11 de dezembro.

PAN questiona Tratave e Câmara de Famalicão sobre descargas para rio Ave em Pedome

Partido acusa Câmara de Famalicão de "demitir-se da sua função de gerir o bem comum".

Há exatamente um ano a Coligação Mais Ação Mais Famalicão (PSD-CDS) voltou a vencer as eleições autárquicas no concelho de Vila Nova de Famalicão, à semelhança do que vem acontecendo desde 2001. No ano passado, a coligação laranja e azul conquistou a maioria a Câmara Municipal, a Assembleia Municipal e 31 das Juntas de Freguesia e Uniões de Freguesia, quer com candidaturas próprias, quer apoiando movimentos de cidadãos.

Para assinalar a sexta vitória eleitoral consecutiva realizou-se, na manhã desta segunda-feira, um evento no Teatro Narciso Ferreira, em Riba de Ave. Fernando Costa, presidente da concelhia social-democrata; Hélder Pereira, líder dos centristas; e Jorge Paulo Oliveira, porta-voz da concelhia do PSD, fizeram um balanço dos primeiros 12 meses do atual mandato.

Na plateia, além de jornalistas, diversos autarcas, entre eles o presidente da Câmara Municipal Mário Passos, que não fez uso da palavra no evento. Também esteve presente o ex-presidente Paulo Cunha, que foi o mandatário da candidatura de Mário Passos.

Fotografia COLIGAÇÃO MAIS AÇÃO. MAIS FAMALICÃO/DR

Sem deixar de fazer referência a desafios como “a guerra na Ucrânia, a inflação global e a crise energética”, a coligação considera que “este foi um ano de mais futuro”, salientando que “o futuro dos famalicenses nunca foi suspenso e o contrato de confiança estabelecido com os famalicenses nunca foi interrompido”.

“Respondemos às emergências de cada momento, mas nunca nos desfocamos da nossa responsabilidade e vontade de continuar a construir o futuro de Famalicão”, destaca o presidente da concelhia do PSD.

“Foram 12 meses de trabalho intenso, sério e dedicado, mas estimulante, por Vila Nova de Famalicão e pelos famalicenses”, considera Fernando Costa, que afirma que a coligação vai “continuar a trabalhar com afinco, determinação e ambição e com sentido de enorme responsabilidade”.

Fotografia COLIGAÇÃO MAIS AÇÃO. MAIS FAMALICÃO/DR

No evento foi destacado “o trabalho de proximidade de todos os nossos autarcas”. Fernando Costa destacou ainda que “esta presença, hoje em Riba de Ave, freguesia que queremos reconquistar, simboliza também uma dedicação transversal a todo o concelho”.

“Essa é a marca da nossa governação e do contributo de todos e de cada um dos nossos eleitos para o desenvolvimento e bem-estar de Famalicão e dos famalicenses”, acrescentou Fernando Costa.

No evento foram também apresentadas áreas de intervenção através das quais a coligação PSD-CDS pretende “continuar a construir o futuro de Famalicão”, nomeadamente: integração, interculturalidade e relações internacionais; ambiente e energia; educação; transportes; economia e empreendedorismo; reabilitação urbana; mobilidade sustentável; habitação; juventude; saúde; proteção civil; desporto; cultura; e freguesias.

Comentários