14.4 C
Vila Nova de Famalicão
Domingo, 9 Maio 2021
Partilhar
  • 112
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    112
    Shares

Juventude Socialista relança núcleo em Fradelos

Cerca de três dezenas de jovens fazem parte da JS-Fradelos, estrutura liderada por Jorge Penouço Costa e Agostinho Novais.

3 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Tabu desfeito. Paulo Cunha não é candidato e deixa Famalicão em Outubro

A decisão do autarca foi oficializada esta semana numa reunião com os vereadores da coligação PSD-CDS.

Famalicão. Grupo Eco-Trocas dá vida nova a artigos excedentes e em desuso

O grupo tem como missão incentivar o aproveitamento de recursos e contribuir para a diminuição de desperdícios.

Eduardo Oliveira e as Antoninas: “Manda a prudência que se fale claro aos famalicenses”

A Câmara de Famalicão anunciou o regresso das Antoninas. Mas estamos em estado de calamidade que impõe muitas restrições. A polémica está instalada. O líder do PS lança várias questões à Câmara Municipal. Paulo Cunha acusa-o de ser eleitoralista.

Deputada do PCP no Parlamento Europeu visita a Associação de Moradores das Lameiras

Sandra Pereira elogiou o trabalho da instituição que considera "ser uma referência nacional".
Partilhar
  • 112
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    112
    Shares

O núcleo da Juventude Socialista de Fradelos está de volta. A nova estrutura é liderada por Jorge Penouço Costa, um jovem fradelense estudante do ensino secundário e militante da Juventude Socialista há já vários anos. O vice-presidente é Agostinho Novais, um dos principais impulsionadores do relançamento do núcleo.

O Núcleo da JS Fradelos conta agora com cerca de 30 jovens “que se identificam com as causas locais e com os interesses da freguesia e dos seus habitantes”. Entre os objetivos está aproximar os jovens da política e promover o debate em torno dos assuntos e dos interesses dos jovens fradelenses e demais habitantes da freguesia.

“A JS-Fradelos já foi um dos maiores núcleos da Juventude Socialista e deteve uma enorme preponderância no cenário político local e nacional foi agora reativado pela concelhia da Juventude Socialista de Vila Nova de Famalicão e os jovens socialistas fradelenses”, destaca a Juventude Socialista em comunicado.

Segundo o novo coordenador do núcleo, Jorge Penouço Costa, a juventude quer Fradelos melhor. “A nossa terra acolheu a ETAR, a Central Elétrica e os Ribe’s, praticamente sem quaisquer contrapartidas de relevo para a nossa comunidade”, refere Jorge Penouço Costa acrescentando que “é com alegria que recebemos mais um projeto do Pateiras do Ave, no entanto, sem perceber o que tamanha limitação de território trará de novo à freguesia”.

O líder da JS-Fradelos refere que é “injustificável que praticamente todo o território de Fradelos venha a ser abrangido pelas regras especiais deste programa quando a área ambiental se resume a menos de um terço do seu território”. Jorge Penouço Costa diz que os fradelenses devem “estar atentos ao que aí vem” e que é hora de pedir responsabilidades à Junta de Freguesia e de estimular o PS à sua responsabilidade política enquanto a oposição atenta.

O líder do núcleo afirma que a JS-Fradelos vai ser uma “pedrada no charco” e irá lutar de forma ativa pelo interesse de todos os fradelenses. “Com a reabertura do núcleo da juventude socialista de Fradelos, queremos acima de tudo despertar consciências, acordar os jovens para aquilo que estão a fazer à nossa terra, dar-lhes a oportunidade de conhecer melhor a política e nomeadamente o socialismo e a social-democracia”, explica Jorge Penouço Costa.

Para Luís Miranda, líder da concelhia da JS Famalicão, “este novo núcleo é uma vez mais um reforço da identificação e da presença do socialismo na juventude famalicense, em particular nos jovens da freguesia de Fradelos”.  Luís Miranda salienta que “a juventude não está alheada da política, temos muito bem presente as causas e os assuntos do nosso tempo e defendemos de forma vincada e acérrima os nossos valores e o nosso futuro”.

O líder da juventude socialista no concelho destaca que “a JS Fradelos é a concretização de um conjunto de jovens que não se resignaram e conformaram com o panorama social e político local. Tiveram a audácia de criar o debate e a construção política na juventude local, devolvendo à freguesia aquele que já foi um dos maiores núcleos da JS a nível nacional”.

Comentários