test
18 C
Vila Nova de Famalicão
Segunda-feira, 17 Junho 2024
Rui Lima
Licenciado em Gestão de Marketing, Rui Lima é um empresário famalicense e escreve sobre temas da atualidade.

Europeias: AD em busca de likes e não de votos

A AD aposta no espetáculo mediático, em vez da política real e defesa dos interesses dos portugueses.

2 min de leitura
- Publicidade -
Rui Lima
Licenciado em Gestão de Marketing, Rui Lima é um empresário famalicense e escreve sobre temas da atualidade.

Famalicão

Desporto ao ar livre em Famalicão em parceria com mais de 70 coletividades locais

Iniciativa decorre de 17 de junho a 12 de julho.

Tony 1 – IMI 0

O orçamento das Antoninas foi de quase um milhão de euros. Bem acima da média do que gastam os concelhos vizinhos.

Iniciativa Liberal cresce e passa a terceira força política de Famalicão

Nas eleições europeias, a Iniciativa Liberal cresceu em Famalicão, mas coordenadora local apresentou a demissão.

Aproximam-se as Eleições Europeias, a eleição será dia 9 de junho e os portugueses poderão eleger 21 deputados dos 720 lugares que constituem o Parlamento Europeu. Por tradição, os portugueses, por uma ou outra razão, não dão o devido valor às Eleições Europeias.

Realço a importância destas eleições, num momento em que a extrema-direita está a criar raízes nas instituições de poder, o respeito e os direitos das mulheres são tratados como um “problema jurídico”, como diz o cabeça de lista da AD.

Sebastião Bugalho não emergiu das bases de um partido, mas foi fabricado no brilho dos ecrãs de TV. A sua história, mais a sério, começou na SIC NOTÍCIAS, onde fazia parte de um painel de comentadores políticos que atribuía notas aos candidatos para as eleições legislativas. Com a personagem montada, sempre com um discurso tendencioso e um sorriso de anúncio publicitário, Sebastião Bugalho não era mais que um brinquedo manietado pela AD para formatar opinião.

Com a falta de quadros da AD e uma liderança fraca do atual primeiro-ministro, Luís Montenegro, a jogada de marketing e manipulação mediática foram lançadas. Luís Montenegro anuncia o comentador como cabeça de lista, numa lista que prima pelo equilíbrio, isto claro se avaliarmos por baixo, como sendo a pior de sempre.

O atual presidente da Câmara Municipal do Porto ficou tão incrédulo que sentiu necessidade de explicar a razão de não aceitar ser o número dois da lista às Europeias. Rui Moreira só não foi cabeça de lista por clara falta de experiência política (aqui estou a ser irónico).

A preocupação em defender o bem-estar e o ponto de vista dos portugueses não faz parte da lista de prioridades desta coligação. A AD aposta no espetáculo mediático, em vez da política real e defesa dos interesses dos portugueses. Ficou claro que, para a AD, os likes nas redes sociais são mais importantes que a resolução dos problemas das pessoas.

Estou certo de que este truque não irá passar, os portugueses saberão demonstrar que não admitem ser enganados novamente por esta coligação.

 

___________________________________________________________

Os artigos de opinião publicados no NOTÍCIAS DE FAMALICÃO são de exclusiva responsabilidade dos seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal.

Comentários

Rui Lima
Licenciado em Gestão de Marketing, Rui Lima é um empresário famalicense e escreve sobre temas da atualidade.