14.8 C
Vila Nova de Famalicão
Sábado, 31 Julho 2021
Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Já entregou a declaração de IRS? Prazo termina hoje

A liquidação do IRS tem de estar concluída em 31 de julho, tendo o imposto de ser pago ou devolvido (via reembolso) até 31 de agosto.

1 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Os famalicenses têm o direito à verdade e não à manipulação

Os famalicenses têm o direito de saber o que está a ser feito na cidade, como está a ser feito e porque está a ser feito. Têm direito à verdade dos factos em vez de manipulação cosmética da realidade.

Famalicense Injex entra na Câmara de Comércio Luso-Alemã

A Injex, empresa especializada na produção de componentes técnicos em plástico pelo processo de injeção para todo o tipo de máquinas, aposta na internacionalização.

Está na hora de quebrar o ciclo

Precisamos de quebrar o ciclo de políticas desadequadas aos desafios que vivemos, precisamos de um novo ciclo de políticas públicas assente numa visão ecocêntrica e sustentável – e esse momento é agora!

Continental promove inclusão social com programa de estágio e emprego

A empresa recebeu quatro pessoas com necessidades especiais para realização de um estágio no âmbito do programa de cooperação com a ACIP e o IEFP. Duas destas pessoas são hoje membros efetivos da empresa.
Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os contribuintes têm até ao final do dia de hoje, 30 de junho, para entregar a declaração anual de IRS referente aos rendimentos de 2020.

No caso dos contribuintes abrangidos pelo IRS automático, é possível alterar ou confirmar a submissão da declaração automática e de caráter provisório – disponibilizada pela Portal das Finanças desde o início do período da entrega da declaração do IRS.

Caso não seja confirmada a submissão da declaração automática, a declaração provisória será convertida em definitiva no final do prazo. Ou seja, será considerada como automaticamente entregue ao fim do dia de hoje, caso não tenha sido submetida anteriormente.

No entanto, isso não impede que, posteriormente, seja possível recusar ou substituir a declaração.

Recorde-se que a lei determina que a liquidação do IRS tem de estar concluída em 31 de julho, tendo o imposto de ser pago ou devolvido (via reembolso) até 31 de agosto.

Comentários