14.8 C
Vila Nova de Famalicão
Sábado, 31 Julho 2021
Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Rotários de Famalicão, Santo Tirso e Trofa desenvolvem projeto de apoio ao parto

Projeto “Humanização do Parto” é dinamizado pelos Rotary Club do Vale do Ave e implica um investimento de 15 mil euros.

1 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Os famalicenses têm o direito à verdade e não à manipulação

Os famalicenses têm o direito de saber o que está a ser feito na cidade, como está a ser feito e porque está a ser feito. Têm direito à verdade dos factos em vez de manipulação cosmética da realidade.

Famalicense Injex entra na Câmara de Comércio Luso-Alemã

A Injex, empresa especializada na produção de componentes técnicos em plástico pelo processo de injeção para todo o tipo de máquinas, aposta na internacionalização.

Está na hora de quebrar o ciclo

Precisamos de quebrar o ciclo de políticas desadequadas aos desafios que vivemos, precisamos de um novo ciclo de políticas públicas assente numa visão ecocêntrica e sustentável – e esse momento é agora!

Continental promove inclusão social com programa de estágio e emprego

A empresa recebeu quatro pessoas com necessidades especiais para realização de um estágio no âmbito do programa de cooperação com a ACIP e o IEFP. Duas destas pessoas são hoje membros efetivos da empresa.
Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

No dia 22 de junho, os presidentes do Rotary Club de Famalicão, de Santo Tirso e da Trofa, respetivamente, Francisco Freitas, Gonçalves Afonso e Rosa Araújo, mais uma vez, deslocaram-se à sede do Centro Hospital do Médio Ave (CHMA), em Vila Nova de Famalicão, para concretizar a segunda fase do projeto “Humanização do Parto”.

Trata-se de um projeto, no valor de 15 mil euros, dinamizado por estes três clubes rotários do Vale do Ave e apoiado pela Fundação Rotária Portuguesa.

Foram recebidos pelo presidente do Conselho de Administração do CHMA, Dr. António Barbosa, por representantes da sua equipa e pela responsável da implementação deste projeto, a médica obstetra Saritta Nápoles.

“A inauguração do espaço de apoio às parturientes acontecerá no dia 3 de setembro e muito ajudará as parturientes destes três concelhos a terem um parto muito mais humanizado”, referem em nota.

NOTÍCIA RELACIONADA

Rotary dá 15 mil euros ao hospital público e promove parto humanizado

 

Comentários