13.6 C
Vila Nova de Famalicão
Quinta-feira, 23 Março 2023

Universidade do Minho celebra 50 anos com programa aberto à sociedade

Cinquentenário será oficialmente celebrado a 17 de fevereiro de 2024.

1 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Deputado do PSD Jorge Paulo Oliveira questiona ministro sobre a estrada Famalicão-Guimarães

O deputado destaca que trata-se de “uma via que carece de urgentes melhorias nas suas condições de circulação e de segurança”.

Orfeão Famalicense elegeu novos órgãos sociais

O Orfeão Famalicense elegeu no dia 13 de março os seus órgãos sociais para o triénio 2023/2025. Tratou-se da única lista apresentada a sufrágio,...

CDU apresenta Sara Silva como candidata à Junta de Freguesia de Ribeirão

Sara Silva apresenta-se com "disponibilidade e vontade para enfrentar e vencer o marasmo em que encontra a vila de Ribeirão".

Famalicão. PSD promove segunda edição das jornadas autárquicas

Evento será realizado no sábado à tarde, no Museu do Automóvel.

A Universidade do Minho (UMinho) lançou no passado sábado o programa de celebração do seu cinquentenário, que será oficialmente celebrado a 17 de fevereiro de 2024, data em que a instituição comemora 50 anos após a tomada de posse da Comissão Instaladora e do Reitor Carlos Lloyd Braga.

O programa, que conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República, congrega um conjunto de iniciativas que irão acontecer até ao final de 2024 nos campi da UMinho e cidades da região. O programa foi delineado pela “Comissão Comemorativa dos 50 anos da Universidade do Minho” e irá contemplar iniciativas diferenciadas que vão desde a música ao desporto, com espaço para a sustentabilidade, interação com as cidades de Braga e Guimarães, produção de conhecimento e criação de legado para gerações futuras.

“Será um programa muito variado que irá estender-se ao longo de quase dois anos”, explicou João Cardoso Rosas, presidente da Comissão. “Haverá performances teatrais e espetáculos no espaço público, exposições no interior e no exterior das instalações da UMinho, colóquios e conferências para pensarmos a universidade em conjunto, uma conferência alargada a todas as universidades portuguesas sobre o seu papel nos 50 anos da democracia portuguesa, para além da forte componente desportiva e preocupação em contribuir para o bem-estar da comunidade UMinho”, exemplificou João Cardoso Rosas.

Ao longo dos próximos dois anos serão ainda apresentados novos estudos sobre o impacto da UMinho na região, assim como sobre a sua produção científica ao longo destes 50 anos. Está prevista a edição de livros, incluindo o esboço da utopia para a Universidade do futuro.

Paralelamente será ainda contruída a Memória Digital da instituição e serão assinalados compromissos com a sustentabilidade ambiental, deixando assim um legado para as gerações futuras.

Comentários