18.4 C
Vila Nova de Famalicão
Domingo, 19 Setembro 2021
Partilhar
  •  
  •  
  •  
  • 1
  •  
  • 1
  •  
    2
    Shares

Câmara de Famalicão oferece manuais escolares aos alunos dos 1.º, 2, e 3.º ciclos do ensino particular e cooperativo

A autarquia assegura também a oferta dos cadernos de atividades ao 1.º Ciclo.

2 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Candidatos do CHEGA, IL, PAN e PS recebem apoio da liderança nacional em Famalicão

Ao contrário de eleições anteriores, a liderança nacional do PSD e do CDS-PP está ausente da campanha famalicense. Rui Rio participou ontem na campanha eleitoral de diversos municípios no Minho, mas não veio a Famalicão. Francisco Rodrigues dos Santos disse que não foi convidado.

PAN Famalicão apresenta programa eleitoral

O documento é dividido em quatro grandes eixos: Ambiente, Efetivar os Direitos Humanos, Proteção e Bem-estar Animal e Administração Municipal.

André Ventura presente na campanha do Chega em Famalicão

Centenas participaram no jantar com a participação do líder nacional no último dia 15, em Ribeirão.

António Costa dá força a Eduardo Oliveira hoje em Famalicão

Comício com a presença de António Costa realiza-se este sábado à tarde no Parque de Sinçães. Além do secretário-geral do Partido Socialista, outros nomes nacionais do partido têm vindo a Famalicão apoiar a candidatura de Eduardo Oliveira à presidência da Câmara Municipal.
Partilhar
  •  
  •  
  •  
  • 1
  •  
  • 1
  •  
    2
    Shares

Em Vila Nova de Famalicão a gratuitidade dos manuais escolares para todos os alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico estende-se aos cadernos de atividades aconselhados pelas escolas do concelho. O município, que foi a primeira Câmara do país a oferecer manuais escolares às crianças do 1º ciclo do ensino básico, em 2002, entende cumprir assim um passo significativo na concretização do princípio de uma educação básica universal e gratuita para todos. Por isso, o município assegura também a oferta dos manuais escolares das disciplinas nucleares aos alunos dos 1.º, 2, e 3.º ciclos que frequentam escolas do ensino particular e cooperativo de Famalicão.

A proposta para a aquisição destes manuais e cadernos de atividades foi aprovada ontem em reunião do Executivo Municipal, prevendo um investimento municipal que pode ir até ao montante global de 126 mil euros.

Para o ano letivo que começa em setembro próximo, a maioria dos agrupamentos de escola optou pelo recurso a cadernos de atividades apenas para os alunos dos 1.º e 2.º anos de escolaridade, pelo que, as verbas inicialmente previstas para a aquisição dos cadernos de atividades para todos os anos são afetadas ao reforço de projetos, programas e recursos educativos para este nível de ensino.

“O Município de Famalicão está há vários anos na linha da frente dos apoios educativos nacionais às comunidades escolares locais porque entende este esforço como um investimento decisivo para as gerações presentes e futuras de Famalicão. O acesso à Educação, em condições de igualdade, não pode ser encarado como uma despesa”, refere a propósito o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

 

Comentários