12.5 C
Vila Nova de Famalicão
Quinta-feira, 25 Fevereiro 2021
Partilhar
  • 57
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    57
    Shares

Padre famalicense morre aos 48 anos vítima da covid-19

O padre famalicense Carlos Gomes, que faleceu vítima da covid-19, é sepultado este sábado no cemitério de Santiago de Antas.

2 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Famalicão. Obras limitam o trânsito na zona da Estação a partir de segunda-feira

Trânsito condicionado na área envolvente à Rua da Estação durante cerca de três semanas.

Ex-líder do PSD Cristina Santos é candidata independente à Junta de Ribeirão

Cristina Santos, ex-líder do PSD de Ribeirão, revela ao NOTÍCIAS DE FAMALICÃO que será candidata independente à presidência da Junta. Uma candidatura contra "os interesses instalados" e "para todos os ribeirenses". É uma cisão no maior núcleo laranja do concelho de Famalicão.

Executivo municipal renova apoio anual aos Bombeiros, Cruz Vermelha e Sapadores Florestais

Primeira tranche aprovada na última reunião da Câmara Municipal. Apoio anual ronda os 500 mil euros.

Associação de Moradores das Lameiras promove ação de formação gratuita na área de emergências médicas

Estão abertas as inscrições para a ação de formação em Sistema Integrado de Emergências Médica.
Partilhar
  • 57
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    57
    Shares

O padre famalicense Carlos Gomes, de 48 anos, faleceu esta quinta-feira, 14 de janeiro, devido “a complicações causadas pela Covid-19”, informou a Arquidiocese de Braga.

Carlos Mário Ferreira Gomes nasceu a 6 de abril de 1972 na freguesia de S. Tiago de Antas, concelho de Vila Nova Famalicão, em cujo cemitério será sepultado, neste sábado.

Segundo informações obtidas pela Rádio Renascença, “o sacerdote sofria de diabetes tipo 2”.

Desde 2011, o sacerdote tinha sob a sua administração as paróquias de Campo (Divino Salvador), Roriz (São Miguel), Tamel (São Pedro Fins) e Couto (São Tiago), no concelho de Barcelos.

Carlos Gomes foi ordenado sacerdote a 19 de julho de 1997, tendo na altura sido nomeado vigário paroquial de Vizela (São Paio) e Tagilde (Divino Salvador, ambas no Arciprestado de Guimarães e Vizela.

De 1997 a 2011, o falecido sacerdote foi administrador paroquial de Argivai (São Miguel) e Touguinhó (Divino Salvador), no Arciprestado de Vila do Conde/Póvoa de Varzim.

A Arquidiocese de Braga informa que a missa exequial será celebrada este sábado, às 15h00, em Roriz, Barcelos, seguindo-se a sepultura no cemitério de S. Tiago de Antas, em Vila Nova de Famalicão.

“A Arquidiocese de Braga, a família e as paróquias às quais [o padre Carlos Gomes] serviu unem-se agora em oração e agradecem a Deus pelo seu ministério sacerdotal e pelo dom da sua vida”, refere uma nota da Arquidiocese de Braga, acrescentando que as cerimónias fúnebres irão decorrer “tendo em conta todas as restrições impostas pela Direção-Geral de Saúde”.

Comentários