18.4 C
Vila Nova de Famalicão
Domingo, 19 Setembro 2021
Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

“Comércio com História” reúne 23 estabelecimentos

Programa municipal terá lançamento simbólico esta sexta-feira, dia 30, na loja Alcino Freitas, na rua Adriano Pinto Basto.

1 min de leitura
- Publicidade -

Famalicão

Candidatos do CHEGA, IL, PAN e PS recebem apoio da liderança nacional em Famalicão

Ao contrário de eleições anteriores, a liderança nacional do PSD e do CDS-PP está ausente da campanha famalicense. Rui Rio participou ontem na campanha eleitoral de diversos municípios no Minho, mas não veio a Famalicão. Francisco Rodrigues dos Santos disse que não foi convidado.

PAN Famalicão apresenta programa eleitoral

O documento é dividido em quatro grandes eixos: Ambiente, Efetivar os Direitos Humanos, Proteção e Bem-estar Animal e Administração Municipal.

André Ventura presente na campanha do Chega em Famalicão

Centenas participaram no jantar com a participação do líder nacional no último dia 15, em Ribeirão.

António Costa dá força a Eduardo Oliveira hoje em Famalicão

Comício com a presença de António Costa realiza-se este sábado à tarde no Parque de Sinçães. Além do secretário-geral do Partido Socialista, outros nomes nacionais do partido têm vindo a Famalicão apoiar a candidatura de Eduardo Oliveira à presidência da Câmara Municipal.
Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Esta sexta-feira, 30 de julho, pelas 10h30, o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, assinala a colocação das placas identificativas do programa municipal “Comércio com História”, através de um momento simbólico, que irá acontecer na loja centenária Alcino Freitas, sita na rua Adriano Pinto Basto.

Em comunicado, a autarquia informa que o programa foi criado “com o objetivo de promover e salvaguardar o comércio tradicional do concelho nas suas dimensões patrimoniais, históricas, culturais e sociais”. Fazem parte do “Comércio com História”, 23 estabelecimentos, nove localizados na cidade, 4 na freguesia de Antas, 4 na vila de Joane, 3 na vila de Ribeirão e 2 na vila de Riba de Ave.

“Para além do reconhecimento público e valorização destes espaços comerciais”, o programa municipal “Comércio com História” associa-se ao inventário nacional promovido pela Direção-Geral das Atividades Económicas, e consequentemente os estabelecimentos reconhecidos beneficiam das medidas de proteção previstas na Lei n.º 42/2017, de 14 de junho.

Neste sentido, outros estabelecimentos que se enquadrem nos critérios de reconhecimento de interesse histórico, cultural ou social local, previstos no Regulamento Municipal da Urbanização e Edificação, podem apresentar a sua candidatura através do preenchimento de formulário disponível aqui.

Comentários

- Publicidade -